fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Witzel ataca ex-secretários delatores por suposto esquema de “rachadinha”

Segundo a denúncia, os municípios recebiam dinheiro dos fundos de saúde e devolviam cerca de 10% do valor para um dos grupos que pagavam propina para Witzel

Aline Rocha

Publicado

em

PUBLICIDADE

Nesta segunda-feira (21) o governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel atacou dois ex-secretários delatores após a acusação de que ele teria participado de um suposto esquema de rachadinha na Saúde do Rio de Janeiro.

A denúncia do MPF indica que os municípios do estado recebiam dinheiro dos fundos de saúde e devolviam cerca de 10% do valor para um dos grupos que pagavam propina ao governador.

“Tomei a decisão de repassar o limite constitucional de 12% para a Saúde e para os municípios. Não fosse essa ação, a pandemia teria sido muito pior no RJ! Infelizmente, Edmar e Edson Torres, bandidos confessos, se infiltraram no Governo e agora querem me incriminar”, disse Witzel.

“Com eles foram encontrados milhões. Comigo, um centavo sequer! Tenho convicção de que voltarei a governar o RJ e continuarei implacável no combate à corrupção. Este é o temor das máfias que atuam no nosso Estado”, finalizou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade