fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Weintraub não pedirá desculpas por post polêmico sobre China

Ele afirmou, ainda, que “foi uma brincadeira leve em cima de uma indignação”

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Nesta segunda-feira (6) o ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou durante entrevista que não pedirá desculpas pela publicação que fez ataque à China enquanto o país não vender mil respiradores a preço de custo para o Brasil. 

“A gente está correndo atrás de respiradores que estão sendo sucateados. Se me der este mês mil respiradores a preço de custo, a gente paga. Aí eu vou lá pedir desculpas agora, de joelhos. Me humilho”, disse o ministro em entrevista à Rádio Bandeirantes. Ele afirmou, ainda, que “foi uma brincadeira leve em cima de uma indignação”. 

O post, publicado no sábado (4), foi deletado e não está mais no perfil oficial do ministro. Ele não revelou quem recomendou que a publicação fosse tirada do ar, mas garantiu que não foi o presidente Jair Bolsonaro.

 


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade