fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Segundo Damares a situação inusitada que aconteceu nesta segunda-feira foi uma encenação

Damares disse que a simulação foi feita para mostrar como as mulheres são silenciadas

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da Redação
[email protected]

Nesta segunda-feira (25) a ministra Damares Alves convocou a imprensa para uma entrevista coletiva porém não respondeu nenhuma pergunta e abandonou o local sem falar com jornalistas. Um tempo depois a ministra revelou que era uma encenação. 

O episódio ocorreu na tarde desta segunda no Palácio do Planalto e no local, autoridades participaram de evento em razão do Dia Nacional de Enfrentamento da Violência contra a Mulher.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Damares chamou jornalistas às 15h e chegou ao local, no segundo andar do Planalto, com trinta minutos de atraso. Diante do primeiro comentário e das perguntas iniciais do jornalistas, deixou o local sem dar nenhuma declaração.

A cena durou 30 segundos. Após a realização do evento, do qual participou o presidente Jair Bolsonaro, Damares disse que a simulação foi feita para mostrar como as mulheres são silenciadas.

As explicações foram dadas apenas após o fim da cerimônia, em que Damares prometeu ampliar o atendimento de mulheres vítimas de violência ao acrescentar às delegacias do país “salinhas pintadas de rosa”.

Em entrevista coletiva ao final, ela disse haver já orçamento previsto para a ação, mas não soube dizer o valor. Isso, segundo Damares, deve começar a ser feito a partir de janeiro de 2020.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade