fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Radicalizou de vez: General Heleno incita povo contra o Congresso

Ele disse, ainda, que não pode aceitar “chantagem” do Parlamento e sugeriu que o governo desse um “foda-se” ao congressistas

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Nesta quarta-feira (19), o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, afirmou que a divulgação da fala dele sobre a atuação do Congresso é “invasão de privacidade”. Ele disse, ainda, que não pode aceitar “chantagem” do Parlamento e sugeriu que o governo desse um “foda-se” ao congressistas. 

“Ressalto que a opinião é de minha inteira responsabilidade e não é fruto de qualquer conversa anterior, seja com o Sr. Presidente da República, com o ministro Paulo Guedes, com o ministro Ramos, ou com qualquer outro ministro”, afirmou o general.

Ele disse ter demonstrado insatisfação com o orçamento impositivo. “Externei minha visão sobre as insaciáveis reivindicações de alguns parlamentares por fatias do orçamento impositivo, o que reduz, substancialmente, o orçamento do Poder Executivo e de seus respectivos ministérios”, afirmou.

O general reforçou, também, que as solicitações do Parlamento prejudicam a atuação do poder Executivo e contrariam os preceitos de regime presidencialista, afirmando que não falará mais no assunto. “Se desejam o parlamentarismo, mudem a constituição”, finalizou. 


Leia também
Publicidade