fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

PSOL apresenta convocação para que Decotelli explique na Câmara seus títulos acadêmicos

Nesta segunda, o Planalto adiou a posse de Decotelli em vista dos questionamentos sobre o seu currículo

João Carlos Magalhães Teles

Publicado

em

PUBLICIDADE

Nesta segunda-feira (29) a líder do PSOL na Câmara dos Deputados, Fernanda Melchionna, apresentou uma convocação para que o ministro da educação, Carlos Alberto Decotelli, compareça à Câmara dos Deputados para responder e explicar aos deputados sobre a última polêmica que envolveu o ministro em torno de seus títulos acadêmicos. 

Nesta segunda, o Planalto adiou a posse de Decotelli em vista dos questionamentos sobre o seu currículo. 

Para Fernanda, este caso é mais uma prova de um “apagão educacional” pelo qual o país atravessa desde o ano passado. 

“Estamos vivendo um verdadeiro apagão educacional no país e desde o começo do governo Bolsonaro o MEC foi ocupado por ministros que atacaram a ciência, o conhecimento e a produção de pesquisa.”, disse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fernanda questinou a habilidade de Decotelli para estar à frente do ministério. “Não é possível que alguém que vá gerir um dos principais ministérios do país minta sobre suas qualificações. Como um ministro com essa prática de mentir e fraudar será respeitado pelos professores e estudantes do país inteiro?”, indagou. 

“Isso é muito grave. Mostra indícios de má-fé antes mesmo de assumir o cargo”, ressaltou. 


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade