fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Para Guedes, Brasil precisa de ‘tributos alternativos’ para ‘ajudar a criar empregos’

“A gente precisa de tributos alternativos para desonerar a folha e ajudar a criar empregos”, afirmou o ministro. ‘Tributos alternativos’ é o termo que o governo usa para não citar CPMF

Avatar

Publicado

em

Paulo Guedes
Foto: Alan Santos/PR
PUBLICIDADE

O ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu a criação de “tributos alternativos”. Em entrevista após uma reunião das alas política e econômica do governo, Guedes afirmou que a medida ajudaria na criação de empregos.

“Descobrimos 38 milhões de brasileiros, que eram os invisíveis. Temos que ajudar essa turma a ser reincorporada no mercado de trabalho. Então, temos que desonerar a folha. Por isso que a gente precisa de tributos alternativos para desonerar a folha e ajudar a criar empregos”, disse o ministro.

Líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR) também esteve na coletiva e afirmou que os “tributos alternativos” causarão um rearranjo no sistema, e não um aumento da carga tributária. “Esse pressupostos precisam ficar claros: não tem aumento de carga tributária, tem compromisso com teto de gastos e com rigor fiscal.”

“E, renda, a mesma coisa. Nós vimos a importância do auxílio emergencial, como isso ajudou a manter o Brasil respirando e atravessando essa onda da crise. Então, temos que também fazer uma aterrizagem suave do programa de auxilio emergencial”, concluiu Guedes.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade