fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Ministra acredita que desastre no Pantanal seria menor se “tivéssemos um pouco mais de gado”

“O boi é o bombeiro do Pantanal, porque é ele que come aquela massa do capim”, declarou Tereza Cristina, em audiência nesta sexta (9)

Avatar

Publicado

em

Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou nesta sexta-feira (9) que o desastre pelo qual passa o Pantanal poderia ter sido menos se houvesse mais gados no bioma. A fala foi dada em audiência da comissão que acompanha ações contra as queimadas, no Senado Federal.

“Aconteceu o desastre porque nós tínhamos muita matéria orgânica seca que, talvez, se nós tivéssemos um pouco mais de gado no Pantanal, isso teria sido um desastre até menor do que nós tivemos este ano”, afirmou a ministra.

Tereza disse ainda que “o boi é o bombeiro do Pantanal”. “O boi é o bombeiro do Pantanal, porque é ele que come aquela massa do capim, seja ele o capim nativo ou o capim plantado, que foi feita a troca, é ele que come essa massa para não deixar como este ano nós tivemos, completou a ministra.

“Com a seca, a água do subsolo também baixou os níveis. Essa massa virou um material altamente combustível.”

Desastre

Somente em setembro deste ano, 14% do Pantanal foi perdido por conta das queimadas. Em 2020, foram atingidos quase 33 mil km², área equivalente aos territórios do Distrito Federal e de Alagoas juntos. É quase o triplo do que os incêndios ocorridos em 2019. Os dados são do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade