fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Maioria do TRF-4 vota por manter condenação de Lula

Recentemente o STF decidiu que Lula deverá apresentar as alegações finais após o réu delator, Marcelo Odebrecht

Aline Rocha

Publicado

em

Foto: Agência Brasília
PUBLICIDADE

Da Redação
[email protected]

Dois dos três desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) votaram contra a anulação da sentença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do sítio de Atibaia. Dessa maneira, a maioria entende que não deve haver anulação do processo com base em entendimento do Supremo Tribunal Federal. 

Recentemente o STF decidiu que Lula deverá apresentar as alegações finais após o réu delator, Marcelo Odebrecht. O desembargador federal do TRF-4 João Pedro Gebran Neto votou por manter a condenação do ex-presidente petista pelos crimes de corrupção ativa e lavagem de dinheiro. 

Gebran elevou a pena de Lula para 17 anos, 1 mês e 10 dias. Na primeira instância, a condenação era de 12 anos e 11 meses de prisão. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade