fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Maia oficializa afastamento de Eduardo Bolsonaro e mais 13 deputados do PSL

Major Vitor Hugo (GO) e Bia Kicis (DF) estão entre os suspensos. Joice Hasselmann (SP) deve ser alçada à liderança do partido

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A decisão do PSL de suspender as atividades partidárias de 14 parlamentares bolsonaristas foi oficializada na terça-feira (10) pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Entre os suspensos, está o filho do presidente Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

Com o afastamento, a deputada Joice Hasselman (PSL-SP) deve ser alçada à liderança do partido. Ela conta com o apoio da maioria da bancada.

Na decisão, Maia afirmou que não se ateve às razões das punições, concentrando-se nas formalidades da solicitação do partido. 

“Os deputados sancionados ficam afastados do exercício de funções de liderança ou vice-liderança, com como ficam impedidos de orientar a bancada em nome do partido e de participar da escolha do líder da bancada durante todo o período de desligamento”, diz Maia, em ofício.

Confira a lista de deputados suspensos:

Bibo Nunes (RS)

Alê Silva (MG)

Daniel Silveira (RJ)

Bia Kicis (DF)

Luiz Philippe de Orleans e Bragança (SP)

Carlos Jordy (RJ)

Vitor Hugo (GO)

Filipe Barros (PR)

General Girão (RN)

Sanderson (RS)

Cabo Junio Amaral (MG)

Carla Zambelli (SP)

Marcio Labre (RJ)


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade