fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Lobão, sobre Bolsonaro: “não posso ficar calado com tanta grosseria e burrice”

“O cara faz piada com tamanho do pau de japonês e os imbecis gritam ‘Mito!’ e tal. Esse cara não me representa”, disse Lobão

Willian Matos

Publicado

em

PUBLICIDADE

O cantor (e agora youtuber) Lobão deu duras declarações em relação a Bolsonaro, Olavo de Carvalho, o governo em si, dentre outros temas.
Em uma das falas, o cantor deixa claro que não se sente representado pelo atual presidente. “O cara faz piada com tamanho do pau de japonês e os imbecis gritam ‘Mito!’ e tal. Esse cara não me representa. Com a minha história, não posso ficar calado com tanta grosseria e burrice”.

As declarações de Lobão foram feitas à Folhapress. O artista, que passou a ser conhecido por todo o país após críticas ao governo petista de Dilma Rousseff, afirma não ter ‘político de estimação’. “Esse país é uma várzea! Político para mim é um funcionário que você elege e pode te decepcionar. Não tenho vínculo passional. Não tenho time de futebol, vou ter partido político?”, dispara.

Além disso, Lobão vê pessoas maldosas no governo. Para ele, o escritor Olavo de Carvalho, com quem rompeu relações, carrega uma energia maldosa, e cita as críticas feitas ao general Eduardo Villas Bôas, .
“Quando o Olavo começou a falar do general Villas Bôas (Eduardo Villas Bôas, ex-comandante do Exército que está em uma cadeira de rodas) eu disse chega. Não posso estar do lado dessas pessoas. Desceu ao nível de caricatura.”

Lobão satiriza Bolsonaro e reprova as declarações feitas pelo presidente ao longo dos últimos meses. “O cara faz piada com tamanho do pau de japonês e os imbecis gritam ‘Mito!’ e tal. Esse cara não me representa. Com a minha história, não posso ficar calado com tanta grosseria e burrice.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para resumir o que pensa sobre PT e Bolsonaro, que agora parece repudiar com a mesma intensidade, Lobão oferece uma frase de efeito: “Uma seita não pode ser substituída por outra seita!”




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade