fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

História dos R$ 40 mi gera baderna na Câmara dos Deputados

Willian Matos

Publicado

em

PUBLICIDADE

A história de o governo oferecer R$ 40 milhões para os deputados que forem favoráveis à reforma da Previdência causou uma baderna durante a sessão plenária da Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira (24).

Quem puxou a conversa foi o deputado federal Aliel Machado (PSB-PR). Ele afirmou que “o governo está ofertando cargos e acertando os deputados”. Nem chegou a terminar a falar para ser chamado de “vagabundo” por José Medeiros (Podemos-MT). Estava começada a confusão.

Os seguranças da Câmara dos Deputados precisaram intervir, porque os deputados já estavam no ponto de colocar o dedo na cara um do outro. O deputado Carlos Zarattini (PT-SP) divulgou um vídeo que mostra a briga.

A história dos R$ 40 milhões

Uma reportagem da Folha de S. Paulo afirmou que o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM), ofereceu R$ 40 milhões extras em emendas parlamentares, até 2022, a cada deputado que votar a favor da reforma da Previdência na Câmara. Líderes dos partidos DEM, PP, PSD, PR, PRB e Solidariedade teriam confirmado a informação.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade