fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Doria pede que Pazuello envie carta para comprar CoronaVac até sexta (18)

Governador pediu que a opção de compra seja formalizada em caráter irretratável e sem mudanças

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O governador de São Paulo, João Doria, pediu ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que envie até a próxima sexta-feira (18) a carta de intenção de compra de 45 milhões de doses da vacina CoronaVac.

Doria e Pazuello conversaram por telefone na quarta (17), e o governador pediu que a opção de compra seja formalizada em caráter irretratável e sem mudanças. A informação é da jornalista Andreia Sadi, colunista do portal G1.

A CoronaVac é uma vacina chinesa desenvolvida pelo instituto Sinovac Biotech. No Brasil, o Butantan, em São Paulo, também trabalha na produção do imunizante. No início do mês, Doria anunciou que a vacinação no estado paulista começará no dia 25 de janeiro de 2021, e esta será a vacina utilizada.

Na quarta (16), o Governo Federal lançou uma espécie de plano preliminar de imunização. Ainda não há, no entanto, uma vacina comprada, e nem uma data marcada para início da vacinação da população de todo o país.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade