fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Deputados querem sustar deliberação da Ancine de adiar decisão sobre cota de tela para 2021

Os deputados afirmam que a decisão “representa claro desrespeito à ordem constitucional, ao não só não garantir o incentivo à cultura”

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

MÔNICA BERGAMO
SÃO PAULO, SP

Um grupo de 12 deputados federais protocolou nesta quinta-feira (10) um projeto de decreto legislativo que susta a deliberação da diretoria da Ancine (Agência Nacional do Cinema) de adiar a fixação da cota de tela do ano de 2021. A regra garante espaço para filmes nacionais nos cinemas brasileiros.

No texto, os parlamentares afirmam que a decisão “representa claro desrespeito à ordem constitucional, ao não só não garantir o incentivo à cultura, mas coibi-lo”.

O documento tem autoria de Áurea Carolina (PSOL) e coautoria de David Miranda (PSOL), Benedita da Silva (PT), Alexandre Padilha (PT), Jandira Feghali (PCdoB), Paulo Teixeira (PT), Lídice da Mata (PSB), Erika Kokay (PT), Túlio Gadêlha (PDT), Tadeu Alencar (PSB), Glauber Braga (PSOL) e Airton Faleiro (PT).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os parlamentares também protocolaram um segundo projeto de decreto legislativo, que visa sustar outra deliberação da Ancine que cancela os saldos de algumas chamadas públicas referentes aos últimos quatro anos e extingue o regulamento geral do Programa de Desenvolvimento do Audiovisual (Prodav).

O Prodav é responsável pelo fomento na produção, distribuição, comercialização e exibição de conteúdo audiovisual brasileiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As informações são da FolhaPress




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade