fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Bolsonaro volta a afirmar que Moro mentiu sobre PF

Presidente mais uma vez se defendeu das acusações de que tenta interferir na Polícia Federal. Bolsonaro compartilhou vídeo onde policial afirma que continuará “trabalhando normalmente”

Willian Matos

Publicado

em

Foto: Carolina Antunes/ PR
PUBLICIDADE

Na manhã deste domingo (26), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) mais uma vez se defendeu sobre as afirmações do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. Bolsonaro afirmou que Moro mentiu a respeito.

Moro afirmou, na última sexta (24), que Bolsonaro tentou interferir na PF e sabia que estava tentando cometer interferência política. Hoje, o presidente disse que todos os superintendentes da corporação “foram indicados pelo próprio ministro ou diretor geral.”

“Lamentavelmente o ex-ministro mentiu sobre interferência na Polícia Federal. Nenhum superintendente foi trocado por mim. Todos foram indicados pelo próprio ministro ou diretor geral”, disse o presidente. 

“Para mim os bons Policiais estão em todo o Brasil e não apenas em Curitiba, onde trabalhava o então juiz.”

Para reiterar a fala, Bolsonaro compartilhou um vídeo da presidente do Sindicato dos Policiais Federais em SP, Susanna Val Moore. Nele, Susanna destaca o protagonismo da PF no combate à corrupção nos últimos 20 anos. A presidente também afirma que a corporação continuará com a mesma rotina de trabalho. “Nós policiais federais acreditamos que a Polícia Federal vai continuar trabalhando normalmente, sem interferência.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

– Lamentavelmente o ex-ministro mentiu sobre interferência na Polícia Federal.- Nenhum superintendente foi trocado por…

Posted by Jair Messias Bolsonaro on Sunday, April 26, 2020

Saída

Moro deixou o Ministério da Justiça e Segurança Pública após Bolsonaro exonerar o diretor-geral da PF, Maurício Valeixo. O policial era braço direito do então ministro, e a mudança custou a permanência de Moro na pasta.

Ao deixar o cargo, Moro afirmou que Bolsonaro tentava tirar Valeixo da PF há tempos, para que ele pudesse ter acesso às investigações. 




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade