fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Bolsonaro, sobre ataques: “Perderam tempo comigo”

O presidente sinalizou que anda atento a este tipo de ação, disse que “não vão achar nada que comprometa”

Willian Matos

Publicado

em

Foto: DCI
PUBLICIDADE

Willian Matos
[email protected]

Na manhã desta quinta-feira (25/7), o presidente Jair Bolsonaro comentou sobre a notícia de que teve os celulares invadidos pelos mesmos hackers que acessaram informações de outros políticos. Bolsonaro sinalizou que anda atento a este tipo de ação e disse que “não vão achar nada que comprometa”. “Perderam tempo comigo”, concluiu.

O comentário foi feito durante uma agenda em Manaus-AM. “Eu achar que meu telefone não estava sendo monitorado por alguém seria muita infantilidade. Não apenas por eu ser capitão do Exército, conhecedor da questão da inteligência. Sempre tomei cuidado nas informações estratégicas, essas não são passadas via telefone”, explicou.

A clonagem foi informada pela Polícia Federal ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, que repassou a informação ao presidente. Para Bolsonaro, o conteúdo dos aparelhos não comprometem o governo. “Não estou nem um pouco preocupado se, por ventura, algo vazar aqui do meu telefone. Não vão encontrar nada que comprometa”, afirmou.

Na esteira do escândalo de arapongagem envolvendo integrantes do governo federal como o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, e a líder do governo na Câmara dos Deputados, Joice Hasselmann, a Polícia Federal afirma que dois celulares do presidente Jair Bolsonaro também foram alvo dos hackers.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Ministério da Justiça e Segurança Pública se pronunciou por meio de nota oficial. Sem dar mais detalhes, a pasta conta o ataque a Bolsonaro. Leia na íntegra:

O Ministério da Justiça e Segurança Pública foi, por questão de segurança nacional, informado pela Polícia Federal de que aparelhos celulares utilizados pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, foram alvos de ataques pelo grupo de hackers preso na última terça feira (23). Por questão de segurança nacional, o fato foi devidamente comunicado ao Presidente da República.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Amazônia

Bolsonaro exaltou a Amazônia durante a agenda. “A nossa Amazônia é a região mais rica do planeta terra e, se casarmos desenvolvimento com preservação ambiental, mais do que o coração do Brasil, seremos a alma econômica. Aqui tem tudo para levar o país ao lugar de destaque”, disse.

https://twitter.com/jairbolsonaro/status/1154382647612923906

Para Bolsonaro, o investimento em turismo na região poderá elevar a economia local. “Temos uma biodiversidade, água potável, espaços vazios com áreas turísticas inimagináveis para elevar a economia da Amazônia”, comentou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Zona Franca

A expectativa é de que o presidente participe, junto com o ministro da Economia, Paulo Guedes, da reunião do Conselho de Administração da Zona Franca de Manaus nesta quinta (25). O grupo estuda aprovar 87 projetos industriais com investimentos de US$ 651 milhões para os três primeiros anos do funcionamento da linha de produção.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade