fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Bolsonaro pode se tornar o presidente que menos elegeu prefeitos

Dos 13 prefeitos e 45 vereadores apoiados pelo presidente, apenas dois prefeitos foram para o segundo turno, e dois foram eleitos, enquanto sete vereadores foram eleitos

Avatar

Publicado

em

Foto: Marcos Corrêa/ PR
PUBLICIDADE

O presidente Jair Bolsonaro não teve bom aproveitamento em relação aos indicados a vereador e prefeito em todo o país. Dos 13 prefeitos e 45 vereadores apoiados pelo presidente, apenas dois prefeitos foram para o segundo turno, e dois foram eleitos, enquanto sete vereadores foram eleitos.

Os resultados preliminares indicavam que passariam ao segundo turno apenas Marcelo Crivella (Republicanos), no Rio, e Capitão Wagner (PROS), em Fortaleza. O ex-senador Mão Santa (DEM) seria o reeleito prefeito em Paranaíba, no Piauí, e Gustavo Nunes (PSL) liderava a disputa pela prefeitura em Ipatinga, em Minas Gerais.

O resultado das eleições municipais sinaliza que Bolsonaro já não demonstra a mesma capacidade de transferência de votos das eleições de 2018, quando ajudou a eleger governadores, senadores e dezenas de deputados federais e estaduais.

As derrotas fizeram com que alguns políticos se manifestassem a respeito. O ex-ministro da Justiça Sérgio Moro ressaltou o fracasso dos candidatos apoiados por Bolsonaro e observou um crescimento do PSOL em todo o país.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) levantou uma suspeita de fraude, mesmo sem provar nada. “O que houve com os conservadores? Erramos, nos pulverizamos ou sofremos uma fraude monumental?”, indagou a parlamentar.

Carlos Bolsonaro minimiza e cita PT

Sobre o baixo aproveitamento do pai, o vereador reeleito Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) preferiu minimizar o fracasso e atacar o PT. Carlos citou as derrotas do partido no Nordeste, onde a legenda sempre foi forte.

“Se engana quem acha que o presidente sai derrotado dessa aí. Essa narrativa vai por água abaixo. Basta você olhar oque aconteceu no Nordeste, onde o PT perdeu praticamente todas as capitais e isso não acontecia há muito tempo. Tenha certeza que isso é trabalho do presidente e de seus ministros”, disse Carlos.

Das nove capitais do Nordeste, o PT disputou oito. Perdeu em sete e só conseguiu ir para o segundo turno em Recife (PE) com Marília Arraes. A popularidade do presidente cresceu na região desde que o governo passou a pagar o auxilio-emergencial de até R$ 600 por mês para atenuar os efeitos da pandemia da covid-19.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CANDIDATOS A VEREADOR APOIADOS POR BOLSONARO

ELEITOS

Carlos Bolsonaro (Republicanos)
Rio de Janeiro

Nikolas Ferreira (PRTB)
Belo Horizonte

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Pastor Júnior (Podemos)
Recife

Marco Aurélio Filho (PRTB)
Recife

Aleluia (DEM)
Salvador

Paulo Chuchu (PRTB)
São Bernardo do Campo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Jessicão (PP)
Londrina

NÃO ELEITOS

Wal do Açaí (Wal Bolsonaro) (Republicanos)
Angra dos Reis

Sonaira Fernandes (Republicanos)
São Paulo

Clau de Luca (PRTB)
São Paulo

Deilson Bolsonaro (Republicanos)
Boa Vista

Cely Duarte (Podemos)
Fortaleza

Alex Ceará (PSC)
Fortaleza

Capitão Araújo Lima (PP)
Aracaju

Rubenita Lessa (PSL)
Teresina

Marília Ferraz (PRTB)
Recife

Osvaldo Neto (PSC)
Recife

Coronel Meira (PSC)
Recife

Nelson Monteiro (PSC)
Recife

Cabo Silveira (Patriota)
Campo Grande

Inspetor Alberto (PROS)
Fortaleza

Michele Assis (Patriota)
João Pessoa

Alisson Novaes (Patriota)
João Pessoa

Nayana Pontes (DEM)
Campina Grande

Coronel Márcio Saraiva (DEM)
Campina Grande

Cabo Emanuel Diniz (DEM)
Campina Grande

Alessandro (PRTB)
Olinda

Paula Milani (PMB)
Curitiba

Coronel Kelson (Patriota)
João Pessoa

Gilvan (DEM)
Campina Grande

Thiago (DEM)
Campina Grande

Solange Lopes (Patriota)
Dourados

Luiz Costa (Solidariedade)
Queimados

Marcelo Conrado (PRTB)
Goiânia

Vigilante Assumar (Republicanos)
Goiânia

Rodolfo Souza (PSL)
Goiânia

Devanir Novellino (PRTB)
Cidade Ocidental

Taciana Muniz (Patriota)
João Pessoa

Jeová Junior (PSL)
Sobral

Fábio Ferreira (Republicanos)
Nova Iguaçu

Aderbal Poroca (DEM)
Paulista (PE)

Edilane Mansueto (DEM)
Campo Grande (MS)

Guilherme Paz (DEM)
Garanhuns (PE)

Adilson Bolsonaro (PSD)
Santa Cruz do Capibaribe (PE)

Abimael Santos (PP)
Toritama (PE)

CANDIDATOS A PREFEITO QUE VÃO DISPUTAR SEGUNDO TURNO

Marcelo Crivella (Republicanos)
Rio de Janeiro

Capitão Wagner (PROS)
Fortaleza

CANDIDATOS A PREFEITO ELEITOS NO PRIMEIRO TURNO

Gustavo Nunes (PSL)
Ipatinga (MG)

Mão Santa (DEM)
Parnaíba (Piauí)

CANDIDATOS A PREFEITO NÃO ELEITOS
Celso Russomanno (Republicanos)
São Paulo

Bruno Engler (PRTB)
Belo Horizonte

Delegada Patrícia (Podemos)
Recife

Coronel Menezes (Patriota)
Manaus

Oscar Rodrigues (MDB)
Sobral

Júlia Zanatta (PL)
Criciúma

Doutor Serginho (Republicanos)
Cabo Frio

Morgana Macena (MDB)
Cabedelo (Paraíba)

Com informações do jornal O Estado de S.Paulo




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade