Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Bolsonaro exalta ministros, mas não cita Moro

O discurso aconteceu na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo

Publicado

em

Em discurso para uma plateia de cerca de mil empresários na sede na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) nesta terça-feira (11/06), o presidente Jair Bolsonaro exaltou cinco dos seus ministros, mas não citou o nome do titular da Justiça, Sergio Moro.

Mais cedo, o presidente chegou a encerrar uma entrevista coletiva no aeroporto de Congonhas ao ser questionado sobre os áudios vazados pelo site The Intercept Brasil com supostas conversas de Moro com integrantes da força-tarefa da Lava Jato quando ainda era juiz.

Em uma fala de improviso de cerca de meia hora, Bolsonaro fez vários elogios ao ministro da Economia, Paulo Guedes, do Meio Ambiente, Ricardo Salles, da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, da Defesa, Fernando Azevedo, e da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes. “A escolha dos ministros sem critério políticos, mas técnicos, nos faz um governo diferente. Nossa obrigação é não atrapalhá-los”, disse Bolsonaro.

Estadão Conteúdo


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Publicidade