Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Vice-presidente da Câmara quer decreto legislativo para cancelar aumento do IOF

O aumento no imposto se deu por meio de decreto assinado por Jair Bolsonaro e tem como objetivo financiar a ampliação do novo Bolsa Família

Por FolhaPress 17/09/2021 7h47
O presidente da comissão especial da reforma da Previdência, deputado Marcelo Ramos, durante sessão de instalação.

Fábio Zanini
SÃO PAULO, SP

O deputado Marcelo Ramos (PL-AM), vice-presidente da Câmara, criticou nesta sexta-feira (17) o aumento do IOF (Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguro, ou relativas a Títulos ou Valores Mobiliários) e disse que é necessário cancelar o decreto do governo federal. O aumento no imposto se deu por meio de decreto assinado por Jair Bolsonaro e tem como objetivo financiar a ampliação do novo Bolsa Família até o fim do ano.

“O IOF incide duramente no bolso da classe média e dos mais pobres, incide sobre o empréstimo consignado dos servidores públicos e aposentados, na casa própria e, mesmo nas operações com moedas estrangeiras, ele acaba refletindo no preço da vacina, no preço dos medicamentos”, afirma Ramos. O parlamentar defende que a Câmara aprove um decreto legislativo para anular os efeitos da medida anunciada por Bolsonaro.








Você pode gostar