Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Queiroga volta a falar no fim do uso de máscaras

“Essas questões estão sendo tratadas pela área técnica e logo que tenhamos uma posição nós vamos informar à população do Brasil”, disse

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, voltou a defender o fim do uso de máscaras de proteção facial. Nesta quarta-feira (6), Queiroga afirmou que, com o avanço da vacinação no país, o acessório deve ser facultativo e apenas nos lugares em que haja grande concentração de pessoas.

“A ideia é fazer isso de forma gradual, ao ar livre, né? Por exemplo, em um estádio de futebol, um evento. Tem que ver o número de público”, declarou. Queiroga disse que “em breve” vai anunciar a mudança.

“Essas questões estão sendo tratadas pela área técnica e logo que tenhamos uma posição nós vamos informar à população do Brasil”, disse o ministro.

Queiroga reiterou que tem conversado com o presidente Jair Bolsonaro. O ministro afirma que Bolsonaro tem dado apoio às ações da pasta. “Todos nós ficamos muito ansiosos com essa questão da pandemia. Vamos trabalhar para trazer mais tranquilidade sanitária ao país.”








Você pode gostar