Brasil

Prisão de Eduardo Suplicy gera revolta na internet

Por Colaborador JBr 25/07/2016 1h16
Reprodução/ Facebook

O ex-senador Eduardo Suplicy, 75 anos, foi detido pela Polícia Militar ao defender uma ocupação reintegração de posse na Rodovia Raposo Tavares, na Zona Oeste de São Paulo. Os policiais cumprem a ação desde a madrugada desta segunda-feira (5).

Um protesto está sendo realizado por moradores de Cidade Educandário na região. Há pelo menos três anos, 350 famílias ocupam o terreno que pertence à Prefeitura de São Paulo. As casas construídas irregularmente correm risco de desabamento por estarem em cima de barranco. Segundo a prefeitura, os moradores já foram cadastrados para receber a bolsa-aluguel, mas se recusam a sair do local.

Há registro de confronto com os policiais. Pela manhã, moradores e policiais entraram em embate após a chegada da Tropa de Choque. Bombas de efeito moral e gás lacrimogênio foram usados na operação.

Suplicy participava da manifestação junto aos moradores e foi detido por obstruir e resistir à prisão. De acordo com a polícia, o candidato a vereador se deitou no chão para impedir que o ato de reintegração tivesse continuidade. Ele foi levado ao 75º Distrito de Polícia Civil, no Jardim Arpoador.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No Facebook, a assessoria informou o ocorrido:

No Twitter, os internautas repudiaram a ação da polícia com a hashtag #freesuplicy:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Reprodução Twitter

Reprodução Twitter

Reprodução Twitter

Reprodução Twitter

Reprodução Twitter

Reprodução Twitter

Reprodução Twitter

Reprodução Twitter






Você pode gostar