Política & Poder

Ministro fala em relação tranquila com China e importação encaminhada da Índia

O chanceler ainda afirmou que a importação da Índia de 2 milhões de doses prontas da vacina de Oxford está “bem encaminhada”

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, negou nesta quarta-feira, 20, que divergências políticas com a China causaram o atraso na entrega de insumos para produção de vacinas contra a covid-19 no Instituto Butantan e na Fiocruz.

“Temos relação madura, construtiva, muito correta, tranquila com a China”, disse Araújo. “Não é um assunto político. É assunto de demanda por um produto”, completou ele.

O chanceler ainda afirmou que a importação da Índia de 2 milhões de doses prontas da vacina de Oxford está “bem encaminhada”.

Ele não apontou, porém, data para concretizar nenhuma das importações. O ministro participa de uma reunião fechada com deputados nesta quarta-feira.

Estadão Conteúdo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar