Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Médico da Prevent não presenciou, mas ‘ouviu falar’ de redução de oxigênio de pacientes da UTI

O médico foi questionado por Alessandro Vieira sobre uma informação trazida por Bruna Morato, que disse na CPI ter ouvido relatos

Por FolhaPress 07/10/2021 7h23

Renato Machado
BRASÍLIA, DF

Em depoimento à CPI da Covid, nesta quinta-feira (8), o médico Walter Correa de Souza Neto afirmou que já “ouvi falar” que a Prevent Senior reduzisse o oxigênio de pacientes internados em UTI. O médico foi questionado pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) sobre uma informação trazida pela advogada Bruna Morato, que disse em depoimento na CPI ter ouvido relatos dessa prática. A advogada ainda acrescentou que existia o mote “óbito também é alta”.

Walter Correa de Souza Neto disse que pessoalmente não teve contato com essa prática. “Não, eu trabalhava só no pronto atendimento. Então, não tive contato com isso”, afirmou, sendo depois questionado se já ouviu falar dessa denúncia. “Sim, a gente ouviu falar. A minha preocupação é me complicar, mas, sim, ouvi. Sim, a gente ouvia essas histórias lá, sim”, completou.








Você pode gostar