Menu
Política & Poder

Kássio falta à despedida de Moraes e só 3 ministros próximos comparecem no plenário

Na sessão desta quarta-feira, 29, compareceram ao plenário somente os três ministros mais alinhados a Moraes

Redação Jornal de Brasília

29/05/2024 13h05

Foto: Divulgação/TSE

O ministro Kássio Nunes Marques não compareceu à sessão de despedida de Alexandre de Moraes como ministro e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A assessoria da Corte não soube informar o motivo. A presidência do tribunal será assumida pela ministra Cármen Lúcia na próxima segunda-feira, dia 3.

Na sessão desta quarta-feira, 29, compareceram ao plenário somente os três ministros mais alinhados a Moraes – Cármen Lúcia, Floriano Azevedo Marques, que é seu amigo pessoal, e André Ramos Tavares. Os ministros Raul Araújo e Isabel Galloti participaram por videoconferência.

A cadeira de ministro de Moraes será ocupada por André Mendonça – que, assim como Nunes Marques, foi indicado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Com isso, a ala mais próxima de Moraes passará a ser minoria na Corte.

Moraes recebeu homenagens de Cármen, do procurador-geral da República Paulo Gonet, do representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Sidney Sá das Neves, e do presidente do Instituto Brasileiro de Direito Eleitoral (Ibrade), Marcelo Ribeiro. O principal ponto das falas foi a atuação de Moraes na preservação da democracia.

Estadão Conteúdo

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado