Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Impeachment de Witzel é votado nesta quarta (23)

Sessão começa às 15h e deve se arrastar até a noite. Antes da votação, governador afastado fará pronunciamento

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) vota nesta quarta-feira o impeachment do governador afastado Wilson Witzel. A sessão começa às 15h e deve se arrastar pelo restante do dia. Antes, Witzel fará pronunciamento.

Serão 70 deputados votando. Se 47 deles (dois terços) forem favoráveis ao impeachment, a denúncia será enviada ao Tribunal de Justiça do Rio (TJ) para a formação de uma comissão mista de julgamento. A partir daí, a comissão tem 180 dias para dar a palavra final sobre a cassação ou não de Witzel.

Para o cientista político Maurício Santoro, da Uerj, o discurso de Witzel deve mirar um futuro político hoje improvável. Ele lembra, porém, casos como o do ex-presidente Fernando Collor, cassado em 1992, que voltou à política como senador em 2006.

“É raro você ter no Brasil uma carreira política encerrada por escândalo. Ele deve encarnar o papel do homem comum derrubado por mexer com interesses. Passados alguns anos, pode pleitear uma vaga no Legislativo, por exemplo”, afirma. Com informações do jornal Extra.








Você pode gostar