Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Em meio a tensão sobre chapa, PSOL comparecerá a ato com Haddad e França

Caso não seja contemplado com a vice de Haddad, o PSOL deve lançar uma candidatura própria para o Senado

Por FolhaPress 06/07/2022 10h44
Foto: Agência Brasil

Fábio Zanini
São Paulo, SP

Ainda que incomodados com o tratamento que têm recebido do PT, os principais líderes do PSOL pretendem comparecer ao ato em Diadema que, no sábado (9), marcará a estreia pública da chapa de Fernando Haddad (PT) para o governo e Márcio França (PSB) ao Senado.

O argumento é que o evento é de Lula (PT). Os psolistas pedem a vaga de vice de Haddad e se sentem desprestigiados pelo PT, pois abriram mão da pré-candidatura de Guilherme Boulos (PSOL).

Caso não seja contemplado com a vice de Haddad, o PSOL deve lançar uma candidatura própria para o Senado. O nome considerado natural em ambos os cenários é o de Juliano Medeiros, presidente da legenda.

Como parte das tratativas para que o PSOL se alinhe ao ex-prefeito em São Paulo, o PT deve apoiar Boulos em disputa pela Prefeitura de São Paulo em 2024.








Você pode gostar