Política & Poder

Celso Amorim defende aliança estratégica entre Brasil e União Européia

Por Arquivo Geral 02/11/2007 12h00

O ministro das Relações Exteriores, website Celso Amorim, declarou hoje que existe vontade política para estabelecer uma aliança estratégica entre o Brasil e a União Européia (UE), após se reunir com o primeiro-ministro português, José Sócrates.

Portugal exerce atualmente a Presidência da UE. Amorim disse que tinha aproveitado a audiência com Sócrates para agradecer as ações de Lisboa com o objetivo de reforçar as relações entre os países do bloco e o Brasil.

“Escutamos palavras muito positivas sobre a importância dessa aliança estratégica, também do ponto de vista de Portugal”, comentou o ministro.

Celso Amorim destacou também a “grande afinidade” entre o primeiro-ministro português e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Existe uma grande afinidade entre o presidente Lula e o primeiro-ministro Sócrates. São políticos progressistas que desejam reformas sociais, dentro de um clima de responsabilidade”, disse.

Ele acrescentou que é muito provável que ambos tenham um encontro bilateral durante a XVII Cúpula Ibero-Americana, de 8 a 10 de novembro em Santiago do Chile.

Amorim também reafirmou que no segundo semestre do ano que vem será realizada uma nova cúpula luso-brasileira no Brasil.

O ministro termina hoje uma visita a Lisboa, onde também participou da reunião do Conselho de Ministros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP).






Você pode gostar