Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Aécio diz que candidatura de Doria é ‘inviável’ e pede desistência

Para o mineiro, a candidatura é “inviável” e o ex-governador de São Paulo levaria o PSDB a uma “grande derrota”

Por FolhaPress 16/05/2022 8h04
Foto: Reprodução

O deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) defendeu nesta segunda-feira (16) que o pré-candidato do partido, João Doria, desista da corrida eleitoral à Presidência da República. Para o mineiro, a candidatura é “inviável” e o ex-governador de São Paulo levaria o PSDB a uma “grande derrota”.

“Eu defendo que o PSDB tenha candidatura própria, possa até discutir uma alternativa a Doria, mas é ele que tem que ser convencido a sair pelos responsáveis pela sua candidatura. E eu vejo um silêncio ensurdecedor de alguns nessa altura. Essa pesquisa já tem resultado, a candidatura de Doria é inviável”, disse, em entrevista à CNN Brasil na tarde desta segunda-feira.

Para Aécio, o mais correto seria o presidente da legenda, Bruno Araújo, e o governador Rodrigo Garcia, sentarem com Doria para apresentar os “prejuízos” que a candidatura “trará ao país”. Para o deputado mineiro, falta coragem às lideranças do PSDB para “solucionar um problema que foi criado por essas forças políticas”.

Na entrevista, o deputado também voltou a defender, como fez em outras ocasiões, que a candidatura do ex-governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite à Presidência seria mais viável que a de Doria.

Anteriormente, Aécio já tinha dito que, além de ter menor rejeição, Leite teria “capacidade de articulação, de aglutinação que tem e por estar conversando permanentemente com outras forças políticas e da sociedade, fora dos partidos”.








Você pode gostar