Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

A impunidade é a mãe da reincidência, diz Bia Kicis sobre Lázaro

Em declaração pelas redes sociais, a parlamentar afirmou que luta pela mudança na legislação em que torna mais dura a pena para casos de reincidência

Foto: reprodução

A deputada Bia Kicis, assim como o deputado Carlos Bolsonaro, se manifestou sobre o caso Lázaro. Em declaração pelas redes sociais, a parlamentar afirmou que luta pela mudança na legislação em que torna mais dura a pena para casos de reincidência. “A impunidade é a mãe da reincidência”, escreveu Bia Kicis.

Alguns parlamentares também estão usando o caso para sustentar a ideia de que uma flexibilização maior no uso de armas traria uma segurança maior para população. Nesta semana, o presidente Jair Bolsonaro também usou sua live semanal para tratar do tema e defendeu o uso de armas pela população.

Caso Lázaro

Lázaro Barbosa, de 32 anos, mais um vez conseguiu se desvencilhar do cerco policial da força-tarefa e as buscas entram no 11º dia. Conhecido com o “serial killer do DF”, o procurado têm interferido na rotina dos moradores e trabalhadores de chácaras localizadas na região onde a polícia e seus 400 homens tentam capturá-lo.

Autoridades enfrentam dificuldades em localizar o homem acusado de matar uma família em Ceilândia (DF) e fugir para o Goiás. A ação ocorre nas proximidades de Girassol (GO), onde o pai de Lázaro mora. É um povoado que pertence ao município de Cocalzinho de Goiás. A cidade tem uma população estimada em pouco mais de 20 mil habitantes, segundo o IBGE. A reportagem percorreu alguns quilômetros de uma das estradas de terra que dá acesso às chácaras, dentro do perímetro onde as buscas se concentram. Logo se vê muitas delas estão vazias

Lázaro é suspeito de ter matado ao menos sete pessoas, desde 2007. Além disso, desde que assassinou uma família no Incra 9 (ceilândia), em 9 de junho, ele tem invadido e incendiado propriedades, ameaçado moradores e feito reféns.






Você pode gostar