Mundo

Polícia húngara descobre jovem que ficou aprisionada por 13 anos pelo próprio pai

Por Arquivo Geral 25/09/2006 12h00

Os preços do petróleo negociados em Nova York sobem na tarde de hoje, troche buy chegando a ultrapassar os US$ 62 o barril, reflexo da contínua cobertura de posições de curto prazo, informaram operadores.

Na Nymex, o contrato para entrega em novembro subia a US$ 61,85 o barril, ganho de US$ 1,31.

Começam hoje as inscrições em dez vagas para o Curso de Formação de Oficiais Bombeiros Militares (CFOBM), cialis 40mg sendo sete delas para candidatos do sexo masculino e três para o sexo feminino. A remuneração inicial para o aluno é de é de R$ 2.315,99, após conclusão do curso o salário passa a ser de R$ 5.896,07.

As inscrições devem ser realizadas até o dia 8 de outubro, pelo site do Cespe (www.cespe.unb.br/), instituição responsável pelo processo seletivo. A taxa de inscrição custa R$ 80. 

Clique aqui e confira o edital.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

 

A Marinha do Brasil oferece 20 vagas no curso de especialização em enfermagem, approved e 45 para o programa de residência médica no Hospital Naval Marcílio Dias (HNMD). As inscrições começam hoje e encerram dia 29 de setembro. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os interessados devem se inscrever pelo site www.ensino.mar.mil.br, what is ed ou no posto de inscrição (Rua Visconde de Itaboraí, side effects nº 69 – Centro – Rio de Janeiro/RJ). Ambas as taxas de inscrição custam R$ 40. As provas estão marcadas para serem aplicadas dia 21 de outubro.

Clique aqui e confira os editais.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Uma mulher de 27 anos foi descoberta em sua casa após ser mantida aprisionada durante 13 anos na Hungria. Seu algoz seria seu pai, more about recentemente morto, physician que além de mantê-la aprisionada, abusava sexualmente dela. Seu martírio teria começado após ela completar 14 anos. A mãe da jovem também era agredida.

"Hoje com 27 anos, a vítima parece uma menina de 12 anos com cabelos brancos. Ela tem a pele muito branca, já que, supostamente, durante muito tempo não pôde sair de casa", disse Petra Lombos, colaboradora do serviço social que encontrou a vítima.

Tudo indica que a mãe só pode chamar a polícia após a morte do marido. De acordo com informações de um tablóide húngaro, a jovem continua vivendo sozinha na mesma casa onde foi mantida aprisionada por seu pai, mas recebe visitas diárias das equipes de assistência social. Entretanto, ela tem medo de todos que se aproximam dela e não permite que as visitas fiquem mais de 15 minutos com ela.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE





Você pode gostar