Mundo

Novo governo de Hong Kong inclui indivíduos sob sanções dos EUA

Em resposta à Lei de Segurança Nacional imposta pela China contra Hong Kong, Washington aplicou sanções a 11 autoridades do território

Nomeado este domingo (19) por Pequim, o novo governo de Hong Kong inclui quatro funcionários que estão sujeitos a sanções por parte dos Estados Unidos.

Em resposta à dura Lei de Segurança Nacional imposta em 2020 pela China contra Hong Kong com o objetivo de pôr fim às multitudinárias manifestações pró-democracia, Washington aplicou sanções a 11 autoridades deste território.

Sete já eram membros do governo à época, e quatro deles continuarão no novo Executivo: o chefe de governo, John Lee; o ministro da Segurança, Chris Tang; o chefe de Assuntos Continentais, Erick Tsang; e o novo ministro de Administração, Eric Chan.

Os outros três, entre eles, a agora ex-chefe do Executivo Carrie Lam, deixaram seus cargos.

Ao apresentar sua equipe de governo à imprensa, Lee disse neste domingo que “estava rindo das chamadas sanções” e não prestava atenção nelas.

“Alguns países de brutos tentam intimidar as autoridades de Hong Kong com medidas como sanções, sobretudo, depois que seus complôs, que tinham como objetivo sabotar nossa segurança nacional, fracassaram, graças às medidas que implantamos”, declarou.

A nomeação dos 26 membros do próximo governo ocorre duas semanas antes da posse, em 1º de julho, aniversário do retorno desta ex-colônia britânica à China. A presença do presidente chinês, Xi Xiping, nesta cerimônia ainda não está confirmada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Lee, de 64 anos, ex-chefe de segurança de Hong Kong, supervisionou a repressão ao movimento pró-democracia e foi nomeado em maio deste ano por um pequeno “comitê eleitoral” ligado ao poder central, no âmbito do novo sistema eleitoral traçado por Pequim. Era o único candidato para substituir Lam.

© Agence France-Presse

Matéria publicada em 19 de junho de 2022 14:39

Redação Jornal de Brasília

Notícias Recentes

Movimentos contra Bolsonaro decidem não disputar 7 de setembro com ele

Em 2021, eles se juntaram ao tradicional Grito dos Excluídos e fizeram manifestações contra o presidente na data

10 de agosto de 2022

Ministro do TSE manda YouTube apagar discurso em que Lula chama Bolsonaro de genocida

O magistrado considerou que o discurso pode ter configurado "propaganda eleitoral extemporânea negativa"

10 de agosto de 2022

DF é condenado a indenizar aluno que sofreu reação alérgica após ingerir alimento

A decisão é do juiz da 6ª Vara da Fazenda Pública do DF que concluiu que não foram observados os…

10 de agosto de 2022

TJDFT suspende expediente nesta quinta (11)

Na data em questão é comemorado no Brasil o Dia do Magistrado, Dia do Advogado e Dia da Criação dos…

10 de agosto de 2022

Juiz autoriza prisão de agente penal que matou petista a tiros em Foz do Iguaçu

Guaranho recebeu alta nesta quarta-feira, 8, mas ainda não havia sido transferido para o presídio

10 de agosto de 2022

Servidores da Abin criticam veto de Bolsonaro ao reajuste para policiais na LDO

De acordo com a sugestão de veto do Ministério da Economia, a proposta original da do governo para a LDO…

10 de agosto de 2022

This website uses cookies.