Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Mundo

Moderna avalia ter dose de vacina contra covid-19 e gripe conjunta

O objetivo da Moderna é evitar problemas com pessoas que não querem receber três aplicações

A empresa farmacêutica Moderna anunciou nesta segunda-feira (17), que pretende ter uma única dose de reforço conjunta contra Covid, influenza e vírus sincicial respiratório até 2023.

O objetivo da Moderna é evitar problemas com pessoas que não querem receber três aplicações.

O presidente da empresa, Stephane Bancel, disse que o melhor cenário seria no outono de 2023. “Acho que talvez não em todos os países, mas é possível chegar a alguns países no ano que vem”, comentou.

De acordo com o presidente, os estudos para o Vírus Sincicial Respiratório estão na fase 3. O da gripe deve entrar na terceira fase no segundo trimestre deste ano. A ideia é apresentar os dados do novo imunizante em março do ano que vem.








Você pode gostar