Mundo

Líderes da América Latina lamentam morte de Fidel Castro

Por Agência Estado 26/11/2016 2h52

Presidentes de diferentes países da América Latina se manifestaram neste sábado sobre a morte do líder cubano Fidel Castro.

O presidente Venezuelano Nicolás Maduro lembrou a saída de Fidel do México na embarcação Granma com seu irmão Raúl e vários outros apoiadores a caminho do que seria o início da Revolução Cubana.

“Sessenta anos depois do Granma deixar o México, Fidel navega em direção à imortalidade de todos aqueles que lutam ao longo de toda a vida”, disse Maduro pelo Twitter. “Até a vitória, sempre!”, escreveu.

O presidente boliviano Evo Morales disse, também no Twitter, que Fidel Castro foi “o líder que nos ensinou a lutar pela soberania do Estado e a dignidade das pessoas no mundo”

Salvador Sanchez Ceren, o presidente de El Salvador, afirmou que sentia “profunda tristeza” e chamou Fidel Castro de “amigo e companheiro eterno”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O presidente mexicano Enrique Peña Nieto tuitou que “Fidel Castro foi um amigo do México”, promovendo relações bilaterais baseadas em respeito, diálogo e em solidariedade”. Fonte: Associated Press.

Fonte: Estadao Conteudo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar