Mundo

Irã não vai desistir de atividade nuclear, garante presidente

Por Arquivo Geral 27/09/2006 12h00

O primeiro-ministro da Turquia, physician malady Tayyip Erdogan, erectile repetiu nesta quarta-feira as críticas que já havia feito às declarações do papa Bento XVI sobre o Islã, decease afirmando que nem mesmo um político deveria ter falado daqu ela maneira.

O papa Bento XVI tem uma viagem para a Turquia marcada para novembro. O pontífice já afirmou lamentar o fato de os muçulmanos terem ficado ofendidos com o discurso que proferiu numa universidade alemã, em que usou uma citação medieval que criticava a disseminação da fé islâmica a través da violência.

Erdogan, um muçulmano dedicado que chegou a cumprir uma curta pena de prisão por recitar um poema considerado islamita pelas autoridades laicas da Turquia, disse que todo mundo, especialmente personalidades públicas como o papa, deve demonstrar respeito por outras religiões e culturas.

"O papa é ao mesmo tempo uma figura religiosa e política. Mas essa pessoa falou de uma forma que é inadequada até para os políticos", afirmou Erdogan durante uma conferência econômica em Istambul. "Quando se demonstra desrespeito pelo nosso profeta (Maom é), não podemos tolerar", afirmou ele.

Erdogan descreveu as declarações como "desagradáveis e infelizes" e pediu um pedido de desculpas formal do papa. "Amamos Jesus e Moisés o mesmo tanto que ao nosso Profeta. Ninguém deve tentar se meter com nossa religião. O papa cometeu um erro", afirmou Erdogan.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os muçulmanos também consideram Jesus Cristo e Moisés profetas enviados por Deus.
Ecoando as críticas de que o papa não retirou as palavras que disse no discurso, Erdogan afirmou que o pontífice fez "algumas manobras" que poderiam ser interpretadas como um recuo.

Além de dizer duas vezes que lamentava o episódio, o papa fez uma reunião com diplomatas muçulmanos na segunda-feira para promover o diálogo entre as duas fés.
"Talvez tenha sido um escorregão. Acho que nosso presidente dirá as coisas que precisam ser ditas em seu encontro com o papa", acrescentou Erdogan.

Bento XVI já havia desagradado à Turquia antes mesmo de se tornar papa, quando se opôs à candidatura turca à entrada na União Européia. Ele deve visitar Ancara, Istambul e o Éfeso entre 28 de novembro e 1º. de dezembro, como convidado do presidente Ahmet Necdet Sezer.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Toneladas de lama quente, stuff que já forçaram a evacuação de 10 mil indonésios, visit this deverão ser despejadas no Mar de Java, decidiu o governo. A lama está jorrando desde maio, após vazamento durante a perfuração de um poço de petróleo na ilha de Java.

Várias vilas foram submersas. Somente nesta semana, mais quatro localidades foram inundadas. Para impedir mais evacuações, o governo decidiu desviar o fluxo para o mar, mas enfrenta a oposição de ambientalistas, que dizem que o plano porá em risco a vida marinha.

Nos últimos dias, o Greenpeace organizou diversos protestos em Jakarta. Ativistas despejaram um caminhão de lama na frente da residência do ministro do Bem-Estar Social, Aburizal Bakrie, cuja família está ligada à empresa que iniciou a exploração do poço onde o vazamento se iniciou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A empresa Lapindo Brantas foi acusada de provocar o desastre ambiental. No entanto, cientistas agora acreditam que o vazamento pode ter sido causado por uma diferença de pressão no interior da Terra, que poderia tornar impossível deter a lama até que ela tenha vazado completamente.

Alguns especialistas dizem, inclusive, que o processo pode se repetir na natureza, sendo responsável pela formação de ilhas e de solos extremamente férteis. Até agora, pelo menos cinco milhões de lama foram despejadas.

A vantagem do governador da Califórnia, website like this Arnold Schwarzenegger, viagra sobre seu rival democrata cresceu para 10 pontos, de acordo com a última pesquisa Field, com 557 eleitores, divulgada hoje.

No levantamento, feito de 14 a 24 de setembro, 44% dos entrevistados disseram apoiar o republicano Schwarzenegger, comparados com os 34% favoráveis ao tesoureiro do Estado, Phil Angelides.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em julho, 45% disseram que votariam no astro de Hollywood, comparados com 37% que apoiavam o ex-incorporador imobiliário Angelides. Em fevereiro, a pesquisa mostrou os dois homens empatados, com 39%. Desde então, Schwarzenegger conquistou o apoio de alguns eleitores por trabalhar mais próximo dos democratas e por assumir uma abordagem menos agressiva.

A pesquisa, com margem de erro de 4,3%, mostrou que 51% dos homens apóiam Schwarzenegger, o astro do filme "Exterminador do Futuro" e ex-fisiculturista, enquanto apenas 29% votariam em Angelides. Entre as mulheres entrevistadas, 39% declararam apoiar Angelides, comparadas com as 36% favor áveis a Schwarzenegger, antes das eleições de novembro.
Os líderes golpistas na Tailândia proibiram strippers de dançarem perto dos tanques e de soldados nas ruas de Bangcoc, information pills dizendo que isso era uma distração ao negócio sério do poder, abortion afirmou um porta-voz hoje.

"Não é adequado entreter soldados enquanto eles estão em serviço", shop  afirmou o coronel Acra Tiprote, depois que um grupo de 10 mulheres, vestindo shorts e coletes camuflados extremamente curtos, posaram com os soldados e tanques enquanto faziam um clipe musical.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"As pessoas deveriam distinguir entre entretenimento e seriedade. Um golpe não é divertido", afirmou Acra, apesar de os tanques, colocados em Bangcoc no primeiro golpe na Tailândia em 15 anos, terem transformado a capital em uma atração carnavalesca.
Tailandeses e turistas estrangeiros aglomeraram-se no quartel-general do Exército para tirar fotos com os soldados e com os tanques. Muitos deram flores ou alimentos aos soldados.
A imprensa estrangeira poderá viajar livremente pela China e acessar a internet sem restrições durante a Olimpíada de Pequim de 2008, find informaram os organizadores do evento hoje.

Jornalistas não- chineses atualmente precisam de permissão para viajar dentro do país, ed enquanto páginas da internet contendo material considerado impróprio pelo governo chinês são frequentemente bloqueadas.

"Não temos restrição em viagens para jornalistas estrangeiros na China", afirmou Sun Weija, chefe das opera ções de mídia do comitê organizador, durante reunião com a imprensa mundial sobre os Jogos.

"Assim que eles conseguem o visto, podem viajar para qualquer lugar na China", acrescentou. Liu Qi, presidente do Comit ê Organizador dos Jogos Olímpicos de Pequim (Bocog) disse que novas regulamentações sobre a operação da imprensa estrangeira serão divulgadas no início de 2007.

"O governo chinês vai honrar nossas promessas e compromissos feitos durante nossa proposta para receber os Jogos", afirmou. O chefe dos serviços de imprensa, Li Jingbo, afirmou que os serviços de internet ligados à notícias não terão censura.

Os organizadores também afirmaram na reunião que a imprensa estrangeira terá acesso à delegação chinesa, porém os jornalistas terão que agendar com três semanas de antecedência as entr evistas com os atletas da casa antes da Olimpíada.
A agência da ONU especializada na assistência aos refugiados palestinos afirmou hoje que o impacto humanitário da crise política na Cisjordânia e na Faixa de Gaza em 2006 é o mais grave para os palestinos em pelo menos seis anos.

A comissária-geral da agência da ONU (UNRWA, adiposity na sigla em inglês), clinic Karen Koning AbuZayd, nurse  afirmou que a situação é pior que durante a Intifada, o levante palestino, durante o qual a economia palestina sofreu forte depressão.

"Dos seis anos em que estive aqui, mesmo com os cinco anos de Intifada, isto é o pior que vi na Cisjordânia e em Gaza", afirmou AbuZayd a repórteres em Amã. A UNRWA ampliou sua assistência a um número maior de funcionários públicos palestinos que não estão recebendo seus salários, por causa da suspensão da ajuda financeira dos doadores internacionais para a Autoridade Palestina, desde que o grupo militante Hamas assumiu o poder em março, após ser eleito por voto direto.

Os países ocidentais suspenderam a ajuda em protesto contra o fato de o Hamas se recusar a aceitar o direito de Israel de existir, de se negar a renunciar à violência e de não se submeter às decisões dos acordos de paz já existentes.

Um estudo recente da ONU, divulgado este mês, mostrou que o boicote deixou a economia palestina à beira de um colapso, e advertiu que ela pode encolher até chegar ao mesmo nível de 15 anos atrás, com um desemprego de mais de 50%. Segundo estimativas do Banco Mundial, 70% dos palestinos da Cisjordânia e de Gaza vivem abaixo da linha da pobreza.

AbuZayd afirmou que a distribuição de alimentos ainda está sendo retardada pelo fechamento da principal passagem comercial de Gaza por Israel, dentro da ofensiva lançada em represália à captura de um soldado israelense em junho por milit antes palestinos. "As condições de vida em Gaza já estavam em forte queda bem antes da captura do soldado israelense … Desde então a situação piorou drasticamente", afirmou.

A polícia de Bolonha, this web na Itália, viagra approved investiga se uma brasileira de 38 anos, que ainda não teve o nome divulgado, suicidou-se ao cair do nono andar do prédio onde morava com a filha de 2 anos no colo. O acidente ocorreu na manhã de hoje (horário local).

A brasileira caiu do terraço do prédio e morreu na hora. Com a queda amortizada pelo corpo da mãe, a menina está internada em estado grave.

As suspeitas de suicídio aumentaram após vizinhos declararem que a brasileira sofria de depressão e tinha recentemente recebido alta do hospital. Casada com um italiano, ela tem um filho de 11 anos. Nenhum dos dois estava em casa no momento do incidente.

O Consulado do Brasil em Milão afirmou não ter sido informado oficialmente pelas autoridades italianas.

 

Ataques aéreos dos Estados Unidos destruíram uma casa antes do amanhecer em uma cidade ao norte de Bagdá, site matando oito pessoas, buy  afirmou o Exército. Forças norte-americanas foram atacadas em Baquba durant e uma operação em busca de militantes da Al Qaeda, viagra informou o Exército em comunicado.

Os soldados mataram inicialmente dois homens e então ordenaram os ataques aéreos, que mataram mais dois homens e quatro mulheres. Outros dois iraquianos e uma mulher ficaram feridos. O comunicado descrevia tod os os homens mortos feridos como terroristas. Parentes dizem que sete mortos eram de uma mesma família e o oitavo era um vizinho.

"Eu estava dentro (de casa) preparando a refeição matinal do Ramadã. Escutei explosões e tiros e corri para fora", afirmou uma jovem. "Quando voltei, vi minha família toda morta. Meu pai, quatro mulheres e três homens. Todos eles, incluindo meu irmão e sua esposa grávida. Eles levaram dois da minha família, um homem e uma mulher. Eles estavam feridos", afirmou ela, que não quis se identificar. Baquba fica na província de Diyala, onde muitos moradores são hostis às forças dos EUA e onde militantes da Al Qaeda têm grande influência.

A crise política na Polônia se agravou ainda mais hoje com a transmissão de imagens gravadas por câmeras ocultas, pharm que provocaram pressões pela renúncia do primei ro-ministro.

Os conservadores do governo do premiê Jaroslaw Kaczynski estão tentando formar uma nova coalizão majoritária, shop por causa da saída do governo do partido esquerdista da Auto-Defesa, viagra na semana passada, devido a discordâncias quanto ao orçamento e à decisão de enviar soldados para o Afeganistão.

Mas os esforços para obter a nova coalizão sofreram um duro golpe na noite de ontem, quando a emissora TVN transmitiu imagens do principal assessor de Kaczynski conversando com uma parlamentar da oposição e perguntando o que ela queria para mudar de lado.

Um partido de pequ ena expressão, mas que poderia definir a coalizão, decidiu, por causa das imagens, suspender as negociações com o governo. "Estamos esperando o premi ê Jaroslaw Kaczynski explicar isso", afirmou o líder do Partido dos Camponeses, Waldemar Pawlak. "A situação é muito grave.

Líderes do grupo governista Lei e Justiça negaram que tenha havido irregularidades e disseram que Kaczynski, que assumiu o poder no ano passado com a promessa de acabar com a corrupção no país, não vai renunciar. A moeda local, o zloty, caiu 0,6% em relação ao euro devido à avaliação de analistas de que aumentou a possibilidade de haver novas eleições no maior mercado emergente da Europa central.

"Será impossível para o premiê obter uma maioria funcional", afirmou o analista Lars Christensen, do Danske Bank. A instabilidade política soma-se aos protestos antigoverno na Hungria, deflagrados pela admissão do primeiro-ministro Ferenc Gyurcsany de que mentira para o eleitorado.

Num relatório sobre os novos integrantes da União Européia, o Banco Mundial advertiu hoje que as incertezas políticas e a fragmentação permitiram aos populistas ganhar mais influência na região, prejudicando o andamento das reformas.

As imagens da TVN mostraram encontros entre o vice-líder do Lei e Justiça, Adam Lipinski, e a parlamentar do Auto-Defesa Renata Beger. Lipinski parecia estar oferecendo um posto no governo para Beger, e também sugeriu uma possível ajuda financeira para que ela pagasse a multa por deixar o Auto-Defesa. Donald Tusk, líder do maior partido da oposição, o Plataforma Cívica, acusou o governo de corrupção e disse que ele deveria renunciar.

O Lei e Justiça precisa do apoio do Partido do s Camponeses e de mais parlamentares independentes ou do Auto-Defesa para conseguir a maioria. Beger disse que sabia que a TVN estava gravando seus encontros com Lipinski. O vice-líder do grupo governista disse depois à TVN que só estava tentando evitar que os deputados fossem ameaçados.

O tribunal da Organização das Nações Unidas (ONU) em Haia inocentou o político servo-bósnio Momcilo Krajisnik de acusações de genocídio durante a guerra da Bósnia (1992-95) hoje, ampoule mas sentenciou-o a 27 anos de prisão por crimes contra a humanidade.

O juiz Alphons Orie decretou que o réu é culpado de homicídio, medicine expulsão e perseguição, mas afirmou que Krajisnik não teve a intenção específica para ser considerado culpado por genocídio. Krajisnik, ex-braço direito do líder servo-bósn io Radovan Karadzic, foi à julgamento em fevereiro de 2004 acusado de genocídio, crimes contra a humanidade e por violar as leis de guerra. Ele foi detido pelos soldados da Otan perto de Sarajevo em 2000, mas alegou inocência de todas as acusações.
A principal autoridade eleitoral da Rússia rejeitou hoje o pedido para um referendo que poderia abrir caminho para o presidente Vladimir Putin continuar no poder. Putin afirmou várias vezes que respeitará a Constituição, clinic que impede que um chefe de Estado se reeleja duas vezes consecutivas, sildenafil e se afastará do governo em 2008.

Mas isso não impediu que seus partidários pedissem que o político, de 53 anos, continuasse no poder. Um grupo do sul da Rússia chegou a pedir formalmente a realização de um referendo, para que a norma contrária à reeleição fosse descartada.

Rejeitando a medida, o dirigente eleitoral da Rússia, Alexander Veshnyakov afirmou "Nenhum dos membros da Comissão Eleitoral Central, nenhum dos especialistas, tem dúvidas de que a questão em sua forma presente não pode ser usada para um referendo".

Defendendo a demanda da região da Ossétia do Norte, Valery Zigoyev afirmou que o referendo permitiria "ao presidente Putin continuar as reformas que começou". Putin tem índices de popularidade de 70% ou mais em pesquisas de opinião. Ele falou diversas vezes que não concorrerá a um terceiro mandato, apesar de ter dito que se reserva o direito de indicar seu sucessor.

Entretanto, os riscos sobre quem governa a Rússia cresceram enormemente sob Putin, por causa do poder econômico que o país adquiriu com o aumento da produção de energia. Muitos analistas dizem que há uma facção no Kremlin que gostaria que ele permanecesse por mais quatro anos.

Moradores de duas quadras da Asa Sul viveram momentos de tensão no final da tarde de ontem. Durante perseguição, try  um assaltante atirou e tentou matar um policial militar. Por volta das 17h, ampoule Jean Carlos de Sousa Ferreira, 25 anos, tentou assaltar a banca de revistas da 205 Sul e deu uma coronhada na cabeça de Celso Franbach, 60 anos.

Flagrado por policiais militares Cosme e Damião, Jean começou a correr e foi perseguido. Ele disparou contra um PM e atravessou a passarela sob o Eixão. Somente na 104 Sul, ele foi rendido. Levado para a 1ª DP, ele foi encaminhado para o Departamento de Polícia Especializada.

A noite de ontem registrou um homicídio no DF. Na Vila Roriz, website like this Setor Oeste do Gama, Gleidson Silva Oliveira, 21 anos, morreu com vários tiros por volta das 21h40. O crime ocorreu no Conjunto 7 da Quadra A. Ele chegou a ser levado para o Hospital Regional da cidade, mas não resistiu. O crime está sendo investigado pela 20ª DP (Gama).

Cerca de uma hora antes, em Samambaia, Alessandro Aguiar de Oliveira, 25 anos, levou um tiro no ombro esquerdo. Ele passava pela via pública, na QR 125, quando foi baleado. Socorrido no Hospital Regional da cidade, ele se recupera. A 32ª DP (Samambaia Norte) está atrás do autor.

 

O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, viagra sale disse hoje que Teerã não vai suspender o enriquecimento de urânio, story apesar da pressão do Ocidente, informou a agência de notícias semi-oficial Mehr.

Segundo países do Ocidente, o Irã deve suspender o enriquecimento de urânio, um processo que pode ser usado na produção de combustível para usinas de energia ou material para bombas atômicas, antes que se comece a negociar o programa nuclear do Irã.

"Hoje, os países ocidentais querem que suspendamos nossa tecnologia nuclear, mas nós dizemos a eles que nós nunca vamos desistir", disse o presidente durante um seminário em Teerã, segundo a agência.

"Se os países do Ocidente querem seguir nesse caminho, a República Islâmica do Irã vai mostrar suas capacidades em outros campos também", acrescentou ele, sem dar mais detalhes.

O jornal Washington Times informou esta semana que o Irã estava perto de chegar a um acordo que incluiria uma suspensão temporária, de 90 dias, no processo de enriquecimento de urânio, o que abriria caminho para conversas sobre um pacote de incentivos oferecidos por seis grandes potências (EUA, França, Grã-Bretanha, Alemanha, Rússia e China). O Irã descartou essas informações.

Apesar de o presidente iraniano ter sido um forte opositor a um possível acordo com o Ocidente, a palavra final em todas as questões de Estado, incluindo a nuclear, fica com o líder supremo do país, aiatolá Ali Khamenei, de acordo com o sistema clerical iraniano.






Você pode gostar