Mundo

EUA veta resolução do Conselho de Segurança da ONU, que pedia “cessar-fogo” em Gaza

A resolução, redigida pelos Emirados Árabes Unidos e que contava com o apoio de 100 países, teve 13 votos a favor, um contra (Estados Unidos) e uma abstenção (Reino Unido)

Os Estados Unidos vetaram nesta sexta-feira (8) uma resolução do Conselho de Segurança da ONU que pedia um “cessar-fogo humanitário imediato” na Faixa de Gaza, uma iniciativa do secretário-geral da entidade, António Guterres.

A resolução, redigida pelos Emirados Árabes Unidos e que contava com o apoio de 100 países, teve 13 votos a favor, um contra (Estados Unidos) e uma abstenção (Reino Unido).

© Agence France-Presse

Matéria publicada em 8 de dezembro de 2023 19:14

Redação Jornal de Brasília

Notícias Recentes

Morre Ewen MacIntosh, ator britânico de ‘The Office’ e ‘O Lagosta’, aos 50 anos

Ewen MacIntosh, ator que integrou o elenco da versão original de "The Office", produzida no Reino Unido e exibida entre…

21 de fevereiro de 2024

Blinken se encontra com Lula em meio a crise

O brasileiro e o norte-americano devem debater neste primeiro contato temas bilaterais, como a presidência do Brasil no G20

21 de fevereiro de 2024

Fabiana Justus comemora ao sair da cama

Estou acompanhando Fabiana Justus do lado de cá torcendo pela sua cura da leucemia. A influenciadora usou suas redes sociais…

21 de fevereiro de 2024

Governo Lula instala barras de ferro em vão de celas de Mossoró e planeja construir muralha

A intenção também é começar a construção da muralha no presídio de Mossoró ainda no primeiro semestre

21 de fevereiro de 2024

“Tenho medo de terem vergonha de mim”, dispara Mc Bin Laden no BBB

Mc Bin Laden chorou no BBB 24 nesta terça (20) ao abrir o seu coração para Lucas Henrique. O funkeiro…

21 de fevereiro de 2024

Campos Neto: faltam componentes para entender última milha de desinflação de serviços no Brasil

O presidente do BC pontuou que a inflação de serviços, embora em processo de convergência, vem rodando no Brasil um…

21 de fevereiro de 2024

This website uses cookies.