Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Mundo

Coronavírus desacelerou na Europa mas ganha força na África, diz OMS

Segundo Tedros, o auxílio à África precisa ser acelerado, embora os números de casos da doença no continente sejam relativamente pequenos

EDITORS NOTE: Graphic content / World Health Organization (WHO) Director-General Tedros Adhanom Ghebreyesus attends a daily press briefing on COVID-19 virus at the WHO headquarters in Geneva on March 11, 2020. – WHO Director-General Tedros Adhanom Ghebreyesus announced on March 11, 2020 that the new coronavirus outbreak can now be characterised as a pandemic. (Photo by Fabrice COFFRINI / AFP)

O diretor da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse nesta sexta-feira que o avanço do coronavírus desacelerou ao longo da última semana em alguns dos países europeus mais afetados, como Itália, Espanha, Alemanha e França, mas ganhou força de forma alarmante em outras partes, como na África, onde a covid-19 está se espalhando para áreas rurais.

“Estamos vendo agora grupos de casos e disseminação comunitária em mais de 16 países (africanos)”, disse Tedros, acrescentando que países do G20 recentemente expressaram forte apoio à África

Segundo Tedros, o auxílio à África precisa ser acelerado, embora os números de casos da doença no continente sejam relativamente pequenos.

Pela contagem da OMS, há quase 1,5 milhão de casos confirmados de infecção por coronavírus no mundo, que resultaram em mais de 92 mil mortes.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Estadão Conteúdo






Você pode gostar