Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Mundo

Canadá aprova tratamento com pílula da Pfizer contra covid-19

De acordo com a farmacêutica, o medicamento reduz em quase 90% o risco de hospitalização ou morte em adultos considerados de alto risco

Por Beatriz Souza 18/01/2022 11h18



Autoridades sanitárias do Canadá anunciaram a provação de um tratamento contra a covid-19 por meio do Paxlovid, pílula desenvolvida pela Pfizer.

Foi confirmada a compra de um lote que deve atender 1 milhão de pessoas. De acordo com a farmacêutica, o medicamento reduz em quase 90% o risco de hospitalização ou morte em adultos considerados de alto risco, de acordo com ensaios clínicos que ainda não foram revisados por outros cientistas.

O Paxlovid já foi aprovada pelas autoridades sanitárias do Reino Unido e dos Estados Unidos. O governo da Espanha já informou que deve comprar os novos medicamentos. “Faremos uma compra dos antivirais que a Pfizer está fabricando. A Espanha vai comprar 344 mil doses no mês de janeiro”, anunciou.

Segundo a Pfizer, a prescrição é que o medicamento seja utilizado cinco dias depois do aparecimento dos sintomas da doença, por pessoas que tenham elevado risco de desenvolver a forma grave da covid-19. O comprimido deve ser tomado duas vezes por dia, durante cinco dias.

A pílula foi desenvolvida pela bloquear uma enzima de que o novo coronavírus precisa para se multiplicar. Quando ingerido em dose baixa, junto com um outro comprimido antiviral denominado ritonavir, permanece no corpo por um tempo mais prolongado.

Já foram iniciados os estudos para avaliar o impacto do medicamento em pessoas com baixo riso de contrair a doença.








Você pode gostar