Mundo

Amorim minimiza revés momentâneo para renovação de SGP pelos EUA

Por Arquivo Geral 27/09/2006 12h00

Nesta quinta e sexta-feira, recipe hospital a unidade móvel da Ouvidoria do Governo do Distrito Federal estará instalada no Cruzeiro, this web em frente ao estacionamento do Ginásio de Esportes. A ouvidoria itinerante receberá dos moradores, doctor sugestões, críticas, elogios, opiniões e pedidos de melhorias para a cidade.

O projeto é realizado pela Companhia de Desenvolvimento do Planalto Central (Codeplan), em parceria com a Corregedoria-Geral do DF e a Administração Regional do Cruzeiro. Para o morador fazer reclamações e dar sugestões sobre a cidade, ele pode entrar em contato com a Ouvidoria do GDF, pelo telefone 156.

 

Atualizada às 19h45

O garoto Ítalo Micael de Oliveira Souza, information pills 6 anos, capsule foi atropelado na tarde de hoje, por volta das 17h, em frente ao lar dos idosos Casa da Mãe Preta, no Núcleo Bandeirante. O garoto estava junto com outras crianças, arrecadando doces de Cosme e Damião, quando foi atingido. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O motorista do veículo envolvido, José Daniel Silva, prestou socorro à criança e chamou o Corpo de Bombeiros. Segundo testemunhas, ele não vinha em alta velocidade. Ítalo foi levado ao Hospital de Base com fraturas múltiplas na perna direita. Ele está sendo operado no momento para corrigir as fraturas e passa bem.

Esse foi o quarto atropelamento de crianças esta semana no DF. Na manhã de ontem, Bárbara Helen Gomes Cornelho, 10 anos, ficou em estado grave após ser atingida por um ônibus da Viação Planeta entre as Quadras 402 e 602 de Samambaia.

Na tarde de segunda-feira, duas crianças perderam a vida nas ruas do DF. No condomínio Privê Moradas Sul, no Altiplano Leste, Rodrigo Nepomuceno Torres, 7 anos, morreu depois de ser atingido por um caminhão de material de construção. Horas mais tarde, Dalila Gomes Rodrigues, também de 7 anos, morreu atropelada por um Gol na Via Estrutural, perto do Viaduto Ayrton Senna.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia mais sobre o assunto na edição de quinta-feira do Na Hora H!

 

A reunião entre a União Européia e o Irã sobre o programa nuclear iraniano será retomada na quinta-feira, this disse uma porta-voz da UE nesta quarta-feira, acrescentando que até agora as conversas têm sido "muito intensas".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O chefe da política externa da União Européia, Javier Solana, reuniu-se com o negociador-chefe do setor nuclear do Irã, Ali Larijani, por mais de cinco horas. A reunião tinha como objetivo tentar resolver o impasse sobre o programa nuclear iraniano.

"A única coisa que eu posso dizer é que as conversas foram muito intensas", disse a porta-voz de Solana, Christina Gallach, acrescentando que Solana e Larijani vão retomar a reunião na manhã de quinta-feira.

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, viagra order Celso Amorim, viagra buy minimizou nesta quarta-feira o fato de os parlamentares dos Estados Unidos terem retirado da pauta de votação o projeto de lei que trata da renovação do SGP (Sistema Geral de Preferências), this web do qual o Brasil é um dos beneficiários.

Apesar do momentâneo revés no processo para renovação do SGP, o programa que beneficia uma parte dos produtos brasileiros exportados para os EUA com isenção de impostos possivelmente será renovado ainda este ano, dentro do prazo, acredita Amorim.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Acho pouco provável que não votem (os parlamentares dos EUA) até o final do ano, porque isso não envolve só o Brasil. Isso envolve todo o sistema, e todas as outras vantagens que os Estados Unidos concedem para países africanos. (Sem a votação) todos os países seriam afetados," afirmou ele a jornalistas, após reunião na sede da Fiesp.

Segundo o presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf, que se encontrou com o ministro, a retirada do projeto da pauta se deve a uma posição pontual da indústria têxtil norte-americana, que tem pressionado congressistas nesse período que antecede as eleições legislativas nos EUA.

"Isso está sendo resolvido. Acreditamos que tão logo passem as eleições nos Estados Unidos, em novembro, seja aprovado na Câmara e vá para o Senado ainda este ano," disse Skaf.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por meio do SGP, o Brasil fez 15 por cento das exportações aos EUA no ano passado, num montante de 3,6 bilhões de dólares. Ao todo, o país vendeu aos norte-americanos 24,3 bilhões em 2005.

Para que o Brasil, além de outros países, não perca essa preferência e sofra eventuais prejuízos, o sistema tem de ser renovado ainda este ano.

Amorim disse ainda que o Brasil tem tratado a questão também na área política. Ele revelou que tem conversado sobre o assunto com a representante de Comércio dos Estados Unidos, Susan Schwab, e também com a secretária de Estado norte-americana, Condoleezza Rice.

"Estamos tentando mostrar que a retirada do SGP não traria nenhum ganho para ninguém, pois grande parte se refere a comércio intrafirmas, e que não beneficiaria países de menor desenvolvimento relativo," declarou o ministro.

Mercosul

Amorim disse que o clima das negociações do Brasil com a Bolívia na questão energética está melhorando.

Ao ser questionado, ele negou que as eleições no Brasil têm interferido nas negociações com o país associado do Mercosul, que busca nacionalizar os seus recursos naturais.

O ministro afirmou ainda que confia em um acordo entre os dois países, na medida em que, "se o Brasil crescer como gostaríamos que ele cresça, vamos ter muita fome de energia."

Sobre uma eventual parceria comercial entre o Uruguai, integrante do Mercosul, com os Estados Unidos, o ministro disse que confia que o país vizinho fará apenas acordos que "não firam o coração do Mercosul," conforme o próprio presidente uruguaio, Tabaré Vásquez, tem dito, segundo Amorim.

"O coração do Mercosul é a Tarifa Externa Comum, e eu estou de acordo com essa afirmação."






Você pode gostar