Menu
Economia

Projeção do Focus de alta do PIB de 2023 passa de 0,75% para 0,79%

O Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira, 19, mostrou estabilidade no cenário de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2022

Redação Jornal de Brasília

19/12/2022 9h27

Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

O Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira, 19, mostrou estabilidade no cenário de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2022. A mediana para a alta do PIB em 2022 continuou em 3,05%, contra 2,80% há um mês. Já a estimativa para a expansão do PIB em 2023 passou de 0,75% para 0,79%, ante 0,70% um mês antes.

Considerando apenas as 33 respostas nos últimos cinco dias úteis, a estimativa para o PIB no fim de 2022 passou de 3,01% para 3,02%. No caso de 2023, a variação da mediana foi de 0,71% para 0,79%, contabilizando 31 respostas na semana.

O Relatório Focus ainda mostrou alteração na projeção para o crescimento do PIB em 2024, de 1,70% para 1,67%. Para 2025, a mediana foi mantida em 2,00%. Quatro semanas atrás, as taxas eram de 1,70% e 2,00%, nessa ordem.

Os economistas do mercado financeiro reduziram a estimativa de déficit em conta corrente do balanço de pagamentos em 2022, conforme o Boletim Focus. A mediana deficitária passou de US$ 46,61 bilhões para US$ 46,21 bilhões, contra US$ 42,70 bilhões de um mês atrás.

Já para 2023, a projeção para o rombo em transações correntes passou de US$ 44,00 bilhões para US$ 46,00 bilhões. Há um mês, a expectativa era deficitária em US$ 39,45 bilhões.

A estimativa para o superávit da balança comercial em 2022 continuou em US$ 55,00 bilhões, mesmo valor esperado há um mês. Para 2023, a projeção passou de US$ 60,00 bilhões para US$ 59,10 bilhões, de US$ 56,00 bilhões há quatro semanas.

Para os analistas consultados semanalmente pelo BC, o ingresso de Investimento Direto no País (IDP) será mais do que suficiente para cobrir o rombo em transações correntes nesses anos. A mediana das previsões para o IDP em 2022 continuou em US$ 80,00 bilhões, mesma expectativa de um mês atrás. Para 2023, avançou de US$ 76,00 bilhões para US$ 77,00 bilhões, de US$ 75,00 bilhões há quatro semanas.

Estadão Conteúdo

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado