Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Economia

CEO da própria vida: como começar 2021 empreendendo

“Empreendedorismo” está se tornando um termo cada vez mais comum, fazendo profissionais deixarem trabalhos formais para se aventurar em um negócio próprio, em busca de ser seu próprio chefe. De acordo com o Pinterest Predicts, o assunto continua em alta em 2021. A rede social aponta o crescimento de procura pelos termos “como criar uma marca para uma empresa”, que subiu 105% nos últimos anos, e “motivação para empreendedores”, que dobrou o número de pesquisas. 

Isso significa que, apesar da vontade de empreender, muitos não sabem como começar ou, ainda, se sentem desmotivados frente ao aumento da concorrência. Nesse caso, escolher a área de negócios para investir é o primeiro passo. Atualmente, há diversas opções, desde revenda de lingerie – com compra de calcinha e sutiã no atacado – até mesmo aulas particulares, seja em matérias escolares ou disciplinas universitárias. 

Empreender continua como forte tendência em 2021 (Foto: Daniel Bosse/Unplash)

A partir daí, é possível estudar o mercado e analisar concorrentes, a fim de montar estratégias certeiras para que a empreitada apresente resultados. 

Revenda de lingerie

A quarentena alterou o hábito de compras de muitos consumidores, porém, o mercado de moda íntima foi um dos que continuaram aquecidos, já que mesmo durante o isolamento social, a demanda por lingerie e itens da linha noite permaneceu.

Portanto, além da compra de sutiã e calcinha no atacado representar um baixo investimento inicial, a revenda pode representar lucro considerável para o profissional, sendo uma opção estratégica para quem quer começar a se aventurar no universo do empreendedorismo. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Aulas particulares

Outra mudança que o isolamento social trouxe foi a introdução do ensino a distância na rotina da maioria dos estudantes brasileiros. Assim, aulas on-line, que poderiam ser encaradas com resistência anos atrás, foram adotadas e incorporadas por grande parte das pessoas.

Quem possui algum conhecimento aprofundado – seja em línguas estrangeiras, matérias escolares ou temáticas universitárias – pode encontrar um mercado em adaptação, que, atualmente, permite o ganho de renda extra sem sair de casa.

Produção de conteúdo

Cada vez mais, empresas de diversos ramos estão apostando em criação de conteúdo – seja em redes sociais ou em blogs próprios – como forma de firmar sua autoridade na internet. Portanto, a busca por redatores e produtores de texto se mostra constante, principalmente por aqueles com formações específicas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Um estudante de engenharia civil, por exemplo, que possuí conhecimento técnico e domina jargões da área, pode escrever textos para o site de uma construtora como freelancer e garantir complemento de renda.

Passeios com pets

Quem tem tempo livre e experiência com animais de estimação encontra um mercado em potencial no universo de dog walkers. O termo refere-se ao profissional que passeia com cães, para garantir que os pets façam a atividade física diária necessária.

Nos últimos anos, donos que não têm disponibilidade para longas caminhadas, optaram por contratar pessoas qualificadas, que pudessem passear com seus animais por mais tempo – entre 20 minutos a duas horas, dependendo da raça e do porte do animal.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Uma dica para quem quer apostar na atividade é ofertar o serviço a amigos próximos, como forma de ganhar confiança e expandir sua marca. Há plataformas na internet que facilitam a conexão entre cuidadores e andadores.






Você pode gostar