Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Concursos & Carreiras

Hora do sprint final para o Exame da OAB

Faltando um mês para a realização da prova, a especialista Roberta Queiroz dá dicas para você conseguir sua aprovação

Faltando um mês para a realização da prova, a especialista Roberta Queiroz dá dicas para você conseguir sua aprovação Foto/Reprodução

Entre as dicas citadas por Roberta Queiroz,  coordenadora pedagógica do Gran Cursos Online, recomenda que o aluno conheça a estrutura da prova, como são divididos os blocos de disciplinas entre as que mais pontuam, quantas questões cada disciplina tem e faça os simulados, bem como as 10 últimas provas aplicadas, para treinar a leitura e a agilidade de resposta.

“Candidatos e professores sabem que é grande a pressão que ronda a mente dos bacharéis em Direito que querem seguir a carreira, sobretudo a poucos dias do certame. Mas é preciso não perder o foco e o ânimo. Além de ser um reconhecimento importante da dedicação e da carreira, o registro na Ordem é indispensável para quem quer seguir os variados caminhos que a profissão oferece”, reforça Roberta. 

Para este primeiro exame da OAB do calendário de 2022, a professora Roberta Queiroz conta que algumas orientações fazem diferença na hora da prova. Confira!

– Conhecimento não se perde

Queiroz explica que a continuidade nos estudos, mesmo a poucos dias da prova, é importante. “A pessoa não perde o que estudou, já há um certo conhecimento adquirido. Se já foi reprovado em outra fase é importante perceber onde foi que errou e trabalhar em cima disso para recalcular a rota e seguir rumo à aprovação”, diz. 

– Conheça os modelos de outras provas

A primeira fase é composta por 80 questões divididas entre 17 disciplinas, sendo elas com mais ou menos peso. Roberta Queiroz recomenda que o aluno conheça a estrutura da prova, como são divididos os blocos de disciplinas entre as que mais pontuam, quantas questões cada disciplina tem e faça os simulados, bem como as 10 últimas provas aplicadas, para treinar a leitura e a agilidade de resposta. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

– Crie o seu “sistema solar”

Astrologia? Não! Nas duas fases, o candidato já precisa pensar em qual é  a disciplina central, principalmente na segunda etapa. Sendo assim, é importante que o aluno a encare como o “sol” e estabeleça as disciplinas correlatas, que complementem a pontuação exigida e sejam ligadas àquela,  como “planetas”.  “É humanamente impossível estudar todo o conteúdo que envolve as 17 disciplinas. Portanto, é fundamental que o estudante dedique, pelo menos, 40% do seu tempo para estudar as principais disciplinas, sobretudo na segunda fase e, assim, garantir a pontuação mínima para chegar ao próximo passo do exame”, explica Roberta. 

Porém, ela reforça ainda que as outras disciplinas não devem ficar de lado. Segundo a coordenadora do GranOAB, o candidato deve estudar a teoria, fazer os exercícios e ler a chamada lei seca. 

– Gerencie seu tempo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A professora Roberta Queiroz orienta que o candidato cronometre o tempo de realização das questões para não deixar questões em branco ou não conseguir terminar a tempo no dia do exame. “Para praticar essa dinâmica, é interessante refazer as provas e simulados até que consiga encontrar uma divisão de tempo que atenda à estrutura da prova, entendendo que tempo e técnica são imprescindíveis”,  ressalta.

– Manuseie o seu Vade Mecum

Vade Mecum é a bíblia de quem faz Direito e, de acordo com Roberta Queiroz, é essencial chegar à prova com o conhecimento de sua estrutura e pontos principais. 

– Treine sua escrita

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Parece besteira, mas o treino, assim como dizem, é ferramenta indispensável à perfeição. “Com o hábito dos celulares, smartphones e notebooks, desacostumamos a escrever à mão. Portanto, na hora da prova é comum que a letra não fique boa, que redação fique ilegível, o que pode prejudicar na correção por parte do avaliador”, explica. Ela recomenda, ainda, que o aluno treine a escrita com a caneta que vai fazer a prova para “acostumar a mão”. 

– Mantenha a calma e respire

Por último, a coordenadora destaca que é preciso manter a calma e a respiração controlada durante o exame. “Esta é uma prova de autocuidado e o candidato não deve se preocupar com comparações e sim com a aprovação, mesmo que seja com a pontuação mínima, afinal ninguém saberá se houve ou não reprovação nessa caminhada. No exame da OAB, o candidato compete com ele mesmo, é um misto de solidão e conquista, mas, uma vez advogado, sempre advogado!”. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Conheça o calendário do XXXIV Exame Nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB):

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Primeira fase: 20 de fevereiro (20/02/2022)

Segunda fase: 24 de abril (24/04/2022)








Você pode gostar