Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Queiroga aponta nova compra de vacinas da Pfizer

O Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, conversa com a imprensa na porta do ministerio, na tarde desta sexta (30)

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

O Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, conversa com a imprensa na porta do ministério na tarde desta sexta (30). Durante o pronunciamento, o chefe da pasta informou que se encontra ainda hoje com a presidente da Fiocruz, Nisia Torres. Além disso, o ministro informou que um novo contrato de compra de 100 milhões de imunizantes está sendo firmado com a empresa farmacêutica Pfizer.

De acordo com Queiroga, a distribuição de vacinas da Pfizer será realizada a partir da próxima segunda-feira (3), pois o fornecimento do medicamentos exige uma logística mais complexa. Segundo ele, a expectativa do governo é de que toda a população brasileira esteja imunizada até o fim de 2021.

O chefe da Saúde se encontrará com a a presidente da Fiocruz, Nisia Torres, para tratar sobre o enfrentamento da pandemia de Covid-19 no Brasil.

“Vamos discutir os aspectos em relação à Fiocruz, agenda ampla, transferência de tecnologias. Agora, a gente tem essa questão dos anticorpos que podem ser importantes no enfrentamento da pandemia”, afirmou.

Ao ser questionado sobre a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, Queiroga foi enfático ao dizer que o assunto não é de sua competência.

“Falei para vocês que eu tenho que cuidar das CTIs, a CPI quem cuida é o parlamento. Me convocando, irei lá para explicar o que tem sido feito aqui no ministério”, respondeu Queiroga.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar