Brasil

Portugal exigirá quarentena em voos indiretos do Reino Unido e Brasil

Voos comerciais ou privados diretos para e do Reino Unido e Brasil foram proibidos para limitar a disseminação das variantes da Covid

Foto: Agência Brasil

Passageiros que forem para Portugal, em voos diretos ou indiretos, do Brasil ou Reino Unido deverão apresentar teste negativo para Covid-19 realizado até 72 horas antes da viagem. Mesmo com teste negativado, os viajantes terão que ficar de quarentena por duas semanas. A medida vale a partir de domingo (07).

O objetivo é fechar uma brecha que permitiu que viajantes do Reino Unido e do Brasil chegassem a Portugal fazendo escala em um país em que a viagem era autorizada.

Voos comerciais ou privados diretos para e do Reino Unido e Brasil foram proibidos desde janeiro para limitar a disseminação das variantes do novo coronavírus.

Voos humanitários e de repatriação diretos ainda serão autorizados, mas os passageiros precisam apresentar teste negativo para a covid-19, realizado 72 horas antes da viagem, e fazer quarentena por 14 dias.

As medidas serão revisadas em 16 de março.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As informações são da Agência Brasil






Você pode gostar