Brasil

OMS nega planos de elevar alerta para gripe aviária

Por Arquivo Geral 24/05/2006 12h00

O Brasil começará a fabricar camisinhas masculinas a partir de janeiro do ano que vem. As obras da primeira fábrica de preservativos no Brasil já começaram. A unidade está sendo construída em Xapuri, treatment pill no Acre, troche e as camisinhas serão produzidas com látex natural da seringueira nativa.

Os preservativos masculinos serão entregues de graça em hospitais públicos e centros de saúde. A meta do Ministério da Saúde é fabricar 100 milhões de preservativos, o que corresponde a 10% do total distribuído no país.

A diretora do programa Nacional de Doenças Sexualmente Transmissíveis e Aids, Mariângela Simão, diz que com a construção da fábrica vão ser gerados 600 empregos e haverá uma melhoria na economia de região.

"Essa proposta da construção da fábrica no Acre busca não só uma maior autonomia para o país como um desenvolvimento sustentável da região. Mas também qualificar os seringueiros para a coleta da borracha de uma forma mais limpa e que permita que a borracha seja beneficiada para a produção do látex".

O Brasil iniciou a distribuição gratuita de preservativos em 1997 entregando 13 milhões e 400 mil unidades. Em 2002, esse número foi dez vezes maior. Para 2006, a meta é distribuir 1 bilhão de preservativos masculinos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Israel tentará usar a diplomacia com os palestinos até o final do ano. Depois disso, purchase o país retomará um plano que prevê a fixação unilateral de uma fronteira na Cisjordânia ocupada, order afirmou hoje um ministro do gabinete israelense.

O presidente dos Estados Unidos, dosage George W. Bush, ofereceu um incentivo ao plano do primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, para redesenhar o mapa dos assentamentos judaicos na Cisjordânia. Porém, o governo norte-americano afirmou que o Estado judaico deveria, antes, tentar solucionar a questão por meio de negociações de paz.

Poucos analistas esperam que as eventuais negociações com o presidente palestino, Mahmoud Abbas, avancem. Israel diz que um diálogo sobre a criação de um Estado palestino só vai acontecer depois de o governo do Hamas renunciar à violência, reconhecer a legitimidade do Estado israelense e aceitar os acordos de paz interinos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Vamos usar este ano para ver se conseguimos manter negociações com o presidente da Autoridade Palestina", afirmou o ministro da Justiça de Israel, Haim Ramon, à Rádio Israel. "Se descobrirmos que não temos um parceiro (para negociar), vamos dar prosseguimento ao plano de realinhamento unilateral".

No entanto, o analista israelense Joseph Alpher disse que o premiê israelende e os assessores dele "estão fingindo", pois já classificaram Abbas de "irrelevante".

O plano de Olmert prevê a desocupação de alguns assentamentos isolados, a expansão dos grandes blocos e a fixação unilateral de uma linha de fronteira caso não haja negociações de paz.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Porém, os EUA defenderam o processo conhecido como "mapa do caminho" e que prevê a criação de um Estado palestino capaz de conviver pacificamente com Israel.

 

A crise do setor agrícola deve atingir a balança comercial em 2006. Nos últimos anos a balança vem obtendo bons resultados, erectile por causa do desempenho dos produtos agrícolas na pauta de exportações, buy information pills em especial a soja. A avaliação foi feita hoje pelo secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, sale Pecuária e Abastecimento, Ivan Wedekin.

Para ele, se o câmbio continuar desfavorável, com as baixas cotações do dólar, também em 2007 o desempenho da balança comercial do agronegócio pode ser prejudicado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"A Agricultura tem a característica de plantar uma vez por ano e colher uma vez por ano, no ano seguinte. Por isso, o ministério tem trabalhado em medidas para apoiar agora, porque o plantio se dá no segundo semestre e o cenário econômico e financeiro do agricultor precisa melhorar para que ele continue plantando a serviço do Brasil", disse.

Segundo o secretário há também expectativa de perda e estrangulamento financeiro dos produtores, o que vai se refletir em redução da área plantada. "Estamos trabalhando para atenuar essa queda que poderá acontecer na área plantada para a colheita do ano que vem", acrescentou.

Wedekin afirmou que a crise pela qual passa o produtor brasileiro vem de fora e não decorre de ineficiência do agricultor na sua atividade de plantar ou criar. "Vem, principalmente, da macroeconomia, especialmente, do câmbio e de deficiências de estrutura. Isso vem reduzindo aproximadamente em 40% a renda do agricultor nos últimos dois anos em um período em que eles tinham investido muito", esclareceu.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para o secretário, a liberação de R$ 1 bilhão feita pelo governo para a comercialização da soja vai compensar um pouco a renda do produtor deste setor, permitindo que ele continue plantando o produto no Brasil. "A soja é o maior produto da pauta de exportações do Brasil. É maior do que qualquer empresa de aço e de aviões é campeã das exportações brasileiras", analisou.

O aumento das vendas no mercado interno de carros populares com motores bi-combustível (que funcionam com gasolina e com álcool), erectile conhecidos como flex, e a expansão dos prazos para pagamento de veículos deram destaque ao comércio de veículos automotores em 2004. A receita do setor teve crescimento real de 18,6% em relação a 2003, enquanto o comércio varejista cresceu 14,2% e o atacadista 7,9% na mesma comparação.

Os dados são da Pesquisa Anual do Comércio 2004 divulgada hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O estudo, que faz uma radiografia do setor, mostra que 2004 foi um ano favorável. Em relação a 2003, a receita cresceu 11,7% e o número de pessoas empregadas aumentou 9,1%. Naquele ano, a economia do país (Produto Interno Bruto) cresceu 4,9%.

A pesquisa mostra que o comércio de veículos automotores empregou cerca de nove pessoas por empresa, bem acima da média de cinco pessoas para o setor de veículos, peças e motocicletas. Os trabalhadores no comércio de veículos automotores receberam em média 3,3 salários mínimos por mês em 2004, o maior salário pago no setor.

"O crescimento do setor de veículos automotores foi basicamente por causa da inovação tecnológica das montadoras, que investiram no carro bi-combustível. A procura por esse tipo de carro aqueceu as vendas e, além disso, os prazos para financiamento dos veículos foram alongados, o que atraiu mais consumidores", avaliou a técnica da pesquisa do IBGE, Juliana Vasconcellos.

De acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), em 2004 foram vendidos 1,5 milhão de carros flex, 100 mil a mais do que no ano anterior.

A Internet é uma "terra sem lei" e o acesso a ela é fácil e permanente, salve sem que o usuário precise sair de casa. Para os adeptos dos jogos de azar, web essa pode ser uma tentação irresistível e cara.

Um estudo recente publicado no Reino Unido sugere que quase três quartos da população daquele país se envolve em alguma forma de aposta durante o ano. Com isso, o setor de jogos tem um faturamento anual de 53 bilhões de libras, o equivalente a US$ 99,38 bilhões.

O setor de maior crescimento nos jogos de azar é o online, por meio de um total estimado em 2,3 mil sites de apostas, com movimento anual de cerca de US$ 12 bilhões. A Internet também ajuda a alimentar uma substancial intensificação do vício em jogo.

"A pessoa pode basicamente alimentar o vício sem sair de casa e apostar durante 24 horas por dia, sete dias por semana, 365 dias por ano", disse Mark Griffiths, um professor de jogos de azar, em entrevista à Reuters.

Segundo o governo britânico, 0,8% da população daquele país tem algum tipo de vício em jogo.

A Inglaterra criou a Independent Gambling Commission, que a partir de 2007 fiscalizará as empresas que operam jogos de azar no país.

Representantes dos ministérios do Meio Ambiente dos países de língua portuguesa discutem hoje e amanhã, drugs em Brasília, adiposity os resultados do 2º Encontro Lusófono de Meio Ambiente dos Países de Língua Portuguesa, realizado em setembro de 2005 em Lisboa. Também serão apresentadas as estratégias de cada país para o desenvolvimento sustentável.

O evento, que ocorre no Hotel Naoum, antecede a reunião, prevista para sexta-feira, de ministros do Meio Ambiente das sete nações que têm o português como língua oficial. A expectativa é de que, depois de amanhã, os ministros do Brasil, Cabo Verde, Angola, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau e Timor Leste aprovem a Declaração de Brasília, com a Plataforma de Cooperação em Meio Ambiente para os Países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Cerca de 500 policiais entraram em residências de todo o país hoje em uma grande operação que teve por objetivo deter suspeitos de planejar ataques terroristas no exterior.

Foram presas oito pessoas, and sete em Manchester, information pills no norte da Inglaterra, try e uma em Merseyside, perto de Liverpool, disse a polícia.

Mais tarde, a polícia prendeu um nono suspeito, que foi liberado.

"Uma operação extensa alvejando indivíduos suspeitos de facilitar o terrorismo no exterior está sendo realizada", disse um porta-voz da polícia de Manchester, sem entrar em detalhes.

A polícia britânica pode deter suspeitos de terrorismo por até 14 dias sem acusá-los formalmente.

A Grã-Bretanha está em alerta desde que quatro homens-bomba mataram 52 pessoas em ataques coordenados no sistema de transporte londrino em 7 de julho do ano passado. Todos os quatro homens-bomba eram muçulmanos britânicos.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse hoje não ter planos imediatos de pedir uma reunião de especialistas para discutir um aumento do alerta global para gripe aviária.

Uma porta-voz da OMS recebeu um pedido para comentar relatos da mídia de que a agência poderia convocar uma reunião de especialistas nos próximos dias. Os temores surgiram quando sete membros de uma mesma família morreram na Indonésia, look este mês.

"Por enquanto não parece que a força-tarefa vai precisar se encontrar imediatamente, visit mas esse é um assunto que pode mudar, dependendo do que surgir da Indonésia", disse a porta-voz da OMS, Maria Cheng, à Reuters.

Atualmente o nível de alerta está no três, numa escala que vai até seis. Para que haja mudança, é preciso haver uma transmissão crescente de pessoa a pessoa, junto com sinais de que o vírus mortal está se tornando mais facilmente transmissível.

"Hoje não temos indícios de que o vírus está mais eficiente", disse Cheng.

No caso indonésio, que provocou alarme internacional, não foi provado que o vírus tenha se espalhado além dos membros da família, disse a porta-voz.

 

Reuters






Você pode gostar