Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Maioria das capitais exige ‘passaporte da vacina’

As normas variam em cada local, mas a regra geral é ter duas doses de vacina ou a dose única para frequentar espaços como bares, restaurantes e shows

Foto: Agência Brasil

Levantamento realizado pelo jornal O GOBLO mostra que 16 capitais exigem comprovante de vacinação contra a Covid-19 de turistas e nove cidades não cobram o comprovante vacinal mesmo diante da alta transmissibilidade da variante Ômicron, enquanto duas não responderam a pesquisa.

As normas variam em cada local, mas a regra geral é ter duas doses de vacina ou a dose única para frequentar espaços como bares, restaurantes e shows.

Belém, Brasília, Cuiabá, Florianópolis, João Pessoa, Fortaleza, Macapá, Maceió, Palmas, Porto Velho, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo, Teresina e Vitória determinaram a obrigatoriedade do documento.

A capital de Santa Catarina estende a exigência a adolescentes de 12 a 17 anos, com a primeira dose, enquanto a da Bahia inclui a dose de reforço para o público elegível, isto é, que completou o ciclo de imunização há quatro meses.

Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária quer liberar o autoteste de Covid-19 nos próximos dias no Brasil, em meio à explosão de casos da doença pela variante ômicron. Técnicos da agência trabalham em uma resolução que deve ser aprovada pela diretoria colegiada do órgão. A data da publicação ou votação do documento ainda está em discussão na agência.








Você pode gostar