Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Lewandowski concede habeas corpus para Abdelmassih ser internado em hospital

O ex-médico brasileiro, condenado a 278 anos de prisão por abusar de pacientes sedadas, é cardiopata e sofre de doença irreversível

Por FolhaPress 23/11/2021 6h40
Foto: Agência Brasil

Mônica Bergamo
SÃO PAULO, SP

O ministro Ricardo Lewandowski, do STF (Supremo Tribunal Federal), concedeu habeas corpus para a Roger Abdelmassih, 78, deixe o presídio de Tremembé e seja internado no Hospital Penitenciário do Estado de São Paulo. O ex-médico brasileiro, condenado a 278 anos de prisão por abusar de pacientes sedadas, é cardiopata e sofre de doença irreversível, segundo laudos apresentados por sua defesa e realizados por perícia. Segundo sua defesa, o tratamento neste momento não pode ser feito na prisão.

Em sua decisão, o ministro diz reconhecer a gravidade dos atos cometidos por Abdelmassih, mas que, diante de laudos médicos conflitantes sobre a condição de saúde do preso, determina sua internação imediata. E pede novo laudo médio pericial junto ao IMESC (Instituto Médico Social e de Criminologia de São Paulo).








Você pode gostar