Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

João de Deus deixa presídio para cumprir pena em casa

O idoso foi condenado três vezes por abuso sexuais contra mulheres durante atendimentos espirituais e será monitorado por tornozeleira eletrônica

Foto: Agência Brasil

Na manhã desta quarta-feira (15), o líder religioso João de Deus deixou o Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia para cumprir sua pena em casa. O idoso foi condenado três vezes por abuso sexuais contra mulheres durante atendimentos espirituais e será monitorado por tornozeleira eletrônica.

João de Deus foi preso em dezembro de 2018 e passou para o regime de prisão domiciliar em março de 2020. Contudo, ele voltou para o presídio em agosto de 2021. Agora, o religioso cumprirá a pena na sua casa, em Anápolis (GO).

A defesa de João de Deus alega que ele uma série de doenças. Disse ainda que o habeas corpus “afasta a ilegalidade da última prisão decretada em seu desfavor”.

Denúncias contra João de Deus

O Ministério Público informou que 319 pessoas já procuraram o órgão e disseram ter sido vítimas do acusado, sendo que destas, 194 formalizaram um procedimento contra ele.

Condenações

  • por posse ilegal de arma de fogo, pena de 4 anos em regime semiaberto, novembro de 2019;
  • por crimes sexuais cometidos contra quatro mulheres, condenado a 19 anos em regime fechado, em dezembro de 2019;
  • por crimes sexuais cometidos contra cinco mulheres, sentenciado a 40 anos em regime fechado, em janeiro de 2020;
  • por violação sexual mediante fraude, a dois anos e meio de reclusão, que podem ser cumpridos em regime aberto, em maio de 2021.






Você pode gostar