Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Jeronimo tem propaganda de hambúrguer questionada

A informação de que a imagem era apenas ilustrativa não ficou nítida para os consumidores em trânsito no transporte público

Por FolhaPress 26/05/2022 3h48
Foto: Procon SP

Joana Cunha
São Paulo, SP

Depois da confusão com os sanduíches sem picanha no McDonald’s nem costela no Burger King, agora foi a vez do Jeronimo Burger, rede de restaurantes de Junior Durski, dono também do Madero.

O Jeronimo teve uma propaganda questionada pelo Conar nesta semana por causa da quantidade de carne. O órgão de autorregulamentação publicitária recomendou a alteração de um outdoor da rede exibido na estação de metrô Oscar Freire, em São Paulo.

Segundo o Conar, a placa mostra um sanduíche com três pedaços de carne e recheios por R$ 9,80. Um consumidor, no entanto, procurou o órgão para reclamar que, por aquele preço, só poderia comprar o lanche com uma carne.

Em sua defesa, o Jeronimo afirmou que o produto é montado no balcão pelo cliente e que a promoção de R$ 9,80 inclui apenas um pedaço. O preço sobe se tiver dois ou três hambúrgueres no pão.

A informação de que a imagem era apenas ilustrativa não ficou nítida para os consumidores em trânsito no transporte público.

O Conar diz que comunicou a decisão à empresa na quarta (25).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Procurado pelo Painel S.A., o Jeronimo diz que a “companhia preza pela transparência e seriedade de seus anúncios e entende não ter desobedecido nenhuma orientação legal mas, certamente, levará em conta a recomendação do Conar”.








Você pode gostar