Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Índios caiapós prendem garimpeiros no Pará e se dizem ameaçados

Os caiapós relatam que a situação é tensa na região, porque outros grupos de indígenas que são aliados dos garimpeiros estariam ameaçando

Por FolhaPress 20/05/2022 7h40
Foto: Ibama

Fábio Zanini
São Paulo, SP

Um grupo de 28 índios caiapós prendeu nesta quinta-feira (19) nove garimpeiros que trabalhavam ilegalmente em uma área dentro da Terra Indígena do Baú, no sul do Pará.

Liderados pelo cacique Bepdjo Mekrãgnotire, da aldeia Baú, eles partiram em expedição nesta semana em direção a um garimpo que está sendo reativado no interior da Terra Indígena, que tem 1,5 milhão de hectares.

Segundo relatos de ONGs que acompanham a questão indígena na região, os caiapós encontraram os garimpeiros e os prenderam.

Nesta sexta (20), os índios entraram em contato com a Polícia Federal por meio de rádio pedindo assistência, mas não haviam recebido auxílio até o final da tarde. No momento, permanecem no meio da mata com os garimpeiros presos.

Os caiapós relatam que a situação é tensa na região, porque outros grupos de indígenas que são aliados dos garimpeiros estariam ameaçando entrar em conflito com eles.

No início da semana, os caiapós haviam enviado comunicados à PF e ao Ministério Público alertando sobre a expedição e um possível conflito.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar