Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Idoso a partir de 80 ou doente faz prova de vida do INSS em casa

Pessoas acamadas, hospitalizadas, com dificuldade de locomoção ou que sejam maiores de 80 anos podem solicitar prova de vida em casa

Clayton Castelani
São Paulo, SP

A prova de vida do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) voltou a ser exigida a partir deste mês, mas não é todo mundo que precisa ir ao banco realizar o procedimento.

As pessoas que se encontram acamadas, hospitalizadas, com dificuldade de locomoção ou que sejam maiores de 80 anos podem solicitar prova de vida em casa, por meio da visita de um funcionário do instituto.

Nesses casos, também é possível cadastrar no INSS uma procuração registrada em cartório nomeando outra pessoa para a receber o benefício e fazer a fé de vida.

Os serviços precisam ser agendados pelo telefone 135 ou realizados inteiramente pela plataforma eletrônica Meu INSS, disponível por aplicativo para celular ou no site gov.br/meuinss.

Ao optar pela solicitação via central telefônica, é recomendável realizar a chamada de um telefone fixo ou público para não pagar pela ligação. Na chamada via celular, há cobrança de uma ligação local.

Oficialmente, o INSS informa que o serviço de cadastramento ou renovação de procuração é realizado inteiramente pela internet.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ao consultar a Central 135 nesta quinta-feira (17), porém, a reportagem foi informada que é possível requisitar o serviço pelo telefone e optar pelo cumprimento da exigência (entrega da cópia da procuração) pelo Meu INSS ou em uma agência. Para quem tem dificuldade com a internet, vale testar essa opção.

Seja qual for o serviço desejado pelo cidadão, o INSS não está abrindo as portas das suas agências para receber pessoas que não agendaram dia e horário para o atendimento.

Para todos os beneficiários, vale lembrar que não é preciso ter pressa para fazer a prova de vida.

A exigência da renovação de senha está sendo retomada aos poucos, em um calendário que distribui os beneficiários de junho a dezembro deste ano.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em junho, devem realizar a fé de vida as pessoas que deveriam ter realizado o procedimento em março ou abril do ano passado, mas não o fizeram porque a exigência havia sido suspensa devido à pandemia de Covid-19.

PROVA DE VIDA | QUEM NÃO PODE IR AO BANCO

  • As pessoas que se encontram acamadas, hospitalizadas, com dificuldade de locomoção ou que sejam maiores de 80 anos podem solicitar prova de vida em casa.
  • O pedido de agendamento pode ser feito pelo telefone 135 ou pelo Meu INSS, disponível por aplicativo para celular ou no site gov.br/meuinss

COMO PEDIR PELO 135

  • Telefone para o número 135 no horário de atendimento, das 7h às 22h, de segunda a sábado
  • Se ligar de um telefone público ou fixo, a chamada não terá custo
  • Ao usar o celular, haverá o custo da ligação local
  • Caso a espera informada para o atendimento atendido esteja longa, refaça a ligação em outro horário ou dia
  • Tenha em mãos o número do CPF da pessoa para quem quer pedir o atendimento, pois será necessário digitar essa informação
  • Ao ouvir as opções informadas pela gravação, digite 0 (zero) para falar com um atendente
  • Informe o serviço que deseja pedir, como prova de vida ou cadastro e renovação de procuração

Dica
Tenha papel e caneta ao alcance para anotar o protocolo de atendimento e as orientações do atendente

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Rapidinho
A reportagem testou o serviço às 17h39 desta quinta-feira (17) e o conseguiu falar com o atendente após dois minutos de espera

COMO PEDIR PELO MEU INSS

  • Faça login no Meu INSS (caso não tenha senha, será preciso cadastrar uma)
  • Na barra de pesquisa que aparece abaixo do seu nome, escreva: prova de vida
  • Escolha a prova de vida mais adequada à situação da pessoa (dificuldade de locomoção ou maior de 80 anos)
  • Siga as orientações que aparecerão na tela

Documentos
Dependendo da situação, será preciso possuir um ou mais documentos listados abaixo:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
  • Documento de identificação com foto (RG, CNH ou CTPS) e CPF do titular do benefício;
  • Documento de identificação com foto (RG, CNH ou CTPS) e CPF do procurador;
  • Procuração pública ou particular, ou documento-modelo do INSS.
  • Atestado médico, em caso de doença contagiosa ou impossibilidade de andar, assinado há menos de 30 dias, ou;
  • Declaração de internação em clínica de reabilitação ou casa de recuperação de dependentes químicos, quando for o caso, com até 30 dias de emissão

PROCURADOR

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O procurador cadastrado no Meu INSS pode ir ao banco realizar a prova de vida em nome da pessoa que esteja acamada ou impossibilitada de ir até a agência.

O serviço para renovar ou cadastrar procurador autorizado a receber o benefício em nome de outra pessoa é possível em casos de:

  • ausência (viagem ou prisão, por exemplo)
  • doença contagiosa
  • impossibilidade de andar
  • segurado acima de 80 anos

Fique sabendo

A procuração a ser cadastrada no INSS pode ser pública (redigida no cartório) ou particular
O INSS informa em seu site que este pedido é realizado totalmente pela internet, pelo Meu INSS
A Central 135 informou à reportagem que o serviço também pode ser solicitado por telefone e a cópia da procuração pode ser entregue via Meu INSS ou em uma agência através do procedimento chamado “cumprimento de exigência”

Fonte: INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), Meu INSS e Central 135 (consulta às 17h39 de 17.06.2021)

As informações são da FolhaPress






Você pode gostar