Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Governo de SP anuncia congelamento de pedágios

A atualização seria de 10,72% (IGPM) a 11,73% (IPCA) -dependendo do indexador do contrato de concessão

Por FolhaPress 30/06/2022 1h03
Foto: Agência Brasil

Joana Cunha

O governador Rodrigo Garcia (PSDB), que disputa a eleição para o Palácio dos Bandeirantes, anunciou nesta quinta-feira (30) que não haverá reajuste de pedágio nas rodovias de São Paulo. “Diante da alta desenfreada dos preços, principalmente dos combustíveis, é impensável onerar o bolso dos paulistas”, escreveu o governador nas redes sociais.

Segundo a SLT (Secretaria de Logística e Transportes), a atualização seria de 10,72% (IGPM) a 11,73% (IPCA) -dependendo do indexador do contrato de concessão- para perdas inflacionárias ocorridas nos últimos 12 meses.

A SLT diz que vai se reunir com a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) para desenvolver uma nova política para as rodovias concessionadas para não inviabilizar os contratos.

Na segunda-feira (27), foi criada uma câmara temática para discutir formas de compensação com as empresas e evitar a quebra de contratos.

Participam do grupo representantes da Artesp, Procuradoria Geral do Estado, secretarias de Governo e da Fazenda, da ABCR (associação nacional das concessionárias), Setcesp (Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região) e da Fetcesp (Federação das Empresas de Transportes de Carga do Estado de São Paulo).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar